Não bastasse a luta pelas penhoras, o Fluminense ganhou, nesta quinta-feira (22), mais um problema com a Justiça. Graças a uma visita do candidato a prefeito Eduardo Paes ao CT Carlos Castilhos há cerca de um mês, na qual também estavam presentes a deputada federal Laura Carneiro e Deley, ex-deputado federal e ídolo do clube carioca nos anos de 1980, o Tricolor das Laranjeiras foi notificado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) por suposto descumprimento de lei eleitoral.

Segundo o órgão jurídico, a agremiação verde, branco e grená estaria colaborando para uma propaganda eleitoral fora do prazo estabelecido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Município do Rio de Janeiro.

Na ocasião, todos foram presenteados com camisas personalizadas do Fluminense, ato que o MP-RJ entendeu como "manejo de recursos, tempo e disposição de funcionários para a confecção de tais materiais", contradizendo, assim, o discurso dos envolvidos de o encontro ter sido meramente informal.

A ação contra o Fluminense foi de autoria de Martha Rocha, adversária de Paes nas eleições para prefeito do Rio do próximo dia 15 de novembro. Caso seja condenado, o Tricolor poderá pagar uma multa de R$ 50 mil. Lembrando que cabe recurso.

Trio pode estar à disposição contra o Santos

Enquanto isso, dentro das quatro linhas, o Fluminense volta as suas atenções para a 18ª rodada, a penúltima do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

No domingo (25), a partir das 16 horas (de Brasília), no Maracanã, encara o Santos e, para esse compromisso, poderá contar com três importantes voltas. Recuperados de lesões, o volante Yuri, o meia Michel Araújo e o atacante Wellington Silva vem trabalhando normalmente e devem ser relacionados pelo técnico Odair Hellmann.

Yuri está afastado há nove jogos por conta de uma pubalgia. Já Wellington e o apoiador uruguaio Michel Araújo perderam os últimos três confrontos na temporada. O primeiro, graças a uma lesão na coxa esquerda e o segundo, devido a um incômodo na panturrilha direita.

Como Fernando Pacheco e Yago Felippe estão entregues ao departamento médico e Luiz Henrique participa de um período de treinamentos com a Seleção Brasileira Sub-20 na Granja Comary, em Teresópolis, região serrana do estado do Rio de Janeiro, Araújo e Wellington Silva têm chances de serem escalados como titulares.

Outra novidade deverá ser a entrada de Luccas Claro na zaga ao lado de Nino, substituindo Digão, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Se vencer o clássico diante do Santos, o Fluminense terá sua presença assegurada no G-6 e assumirá o quarto lugar no Brasileirão. No momento, com 26 pontos, ocupa o sexto lugar.

Siga a página Eleições
Seguir
Siga a página Fluminense
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!