O Vasco da Gama busca um novo recomeço após a queda para a série B. E parte deste recomeço é promover uma completa reestruturação no time que foi rebaixado, e é exatamente isso que a diretoria cruzmaltina vem buscando. Na tarde desta terça-feira (9), em suas redes sociais, o Vasco anunciou a contratação do lateral-esquerdo Zeca, de 26 anos. O jogador chega sem custos ao clube carioca, já que havia assinado sua rescisão de contrato junto ao Bahia, clube em que atuou na temporada passada.

Zeca começou sua carreira no Santos, em 2014, e talvez tenha sido no Peixe o melhor momento de sua carreira.

Em 2016, o jogador foi campeão olímpico com a seleção brasileira. A saída do Santos foi conturbada, envolvendo inclusive a Justiça, onde o jogador pedia o rompimento de seu contrato com o Peixe alegando salários atrasados. Em 2018, Zeca foi contratado pelo Internacional, mas não conseguiu se firmar e acabou sendo emprestado ao Bahia em janeiro de 2020.

Outras contratações

Antes de Zeca, o Vasco da Gama já havia anunciado seus dois primeiros reforços para a disputa da série B, Copa do Brasil e Campeonato Carioca em 2021.

Trata-se do meia-atacante Marquinhos Gabriel e do zagueiro Ernando.

Marquinhos Gabriel tem 30 anos de idade e seu último clube foi o Cruzeiro, onde jogou até o ano passado. Talvez o melhor momento da carreira do jogador tenha sido com as camisas de Santos em 2015, e Corinthians entre 2016 e 2018. Em 2019, Marquinhos Gabriel foi contratado pelo Cruzeiro e acabou sendo rebaixado junto com o clube para a série B.

Em 2020, o jogador até que tentou respirar novos ares ao ser emprestado para o Athletico-PR, mas acabou sendo devolvido pelo clube paranaense para o Cruzeiro. Já em má fase, pediu a rescisão do contrato com o Cruzeiro em 2020 e estava livre no mercado antes de assinar pelo Vasco.

Já o zagueiro Ernando tem 32 anos e jogou pelo Bahia na temporada passada.

Conhecido por ser um jogador muito técnico, Ernando teve seu melhor momento com a camisa do Internacional, entre os anos de 2014 a 2018. Entre 2019 e 2021 o jogador defendeu as cores do Bahia, onde foi titular na maioria dos jogos.

Uma última esperança?

Após o presidente do STJD indeferir o pedido do Vasco para a anulação da partida contra o Internacional, válida pela 36ª rodada do Brasileirão 2020, muitos já consideravam esse assunto como superado, exceto o próprio Vasco da Gama.

Isso porque, nesta terça-feira (9), o clube carioca entrou com um recurso para apreciação do pleno do STJD. O Vasco insiste que houve "erro de direito" no uso do VAR na partida, algo que o presidente do tribunal não concordou em sua decisão.

O pedido do Vasco para a impugnação da partida baseia-se no fato de que o VAR não funcionou corretamente no primeiro gol do Internacional.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!