Foi aprovada a lei que proíbe o uso do telefone celular dentro das agências bancárias e estabelecimentos similares. Os clientes e usuários em geral não poderão falar no telefone celular enquanto estiverem dentro da agência. Essa medida foi tomada para dificultar a comunicação entre criminosos dentro das agências e proteger as pessoas de roubo. Foi feita uma pesquisa em vários estados para saber se a lei está sendo cumprida e foi analisado que em muitas agências a lei não está sendo respeitada. Tem muitas pessoas falando à vontade no celular e o fone de ouvido também está sendo utilizado dentro das agências.

Os vigilantes de alguns bancos não estão alertando essas pessoas sobre a proibição de fone ou uso de celular dentro do estabelecimento.

Se houver pessoas dentro de uma agência falando no celular, os vigilantes do banco devem pedir para ela desligar o celular imediatamente. Se a agência bancária não tomar as providências sobre o atendimento de celular dentro do banco, ela poderá ser penalizada com multas em valores duplicados. Em cada banco deve ter um cartaz informando as pessoas sobre a proibição do uso do celular.

O uso do celular dentro da agência só é permitido em caso de emergência ou necessidade, mas a pessoa deve comunicar imediatamente ao responsável do banco sobre o uso do celular, para evitar constrangimentos. Este procedimento é para evitar a famosa "saídinha de banco", que é o ladrão monitorando as pessoas dentro do banco e passando informações através do celular para outro bandido que está do lado de fora.

Os melhores vídeos do dia

As pessoas que estão dentro do banco são monitoradas o tempo todo pelos ladrões, principalmente os idosos. Aquelas que sacam grandes quantidades de dinheiro são as principais vítimas dos bandidos.

A fiscalização deve ser bem rigorosa, porque os bandidos aproveitam a distração dos vigilantes para agir. As pessoas têm que estar cientes e colaborar com a lei, mas a verdade é que até computador portátil estão usando dentro dos bancos. A lei está completando 3 anos na cidade do Rio de Janeiro, mas muitas pessoas ignoram essa determinação. A regra foi criada para reduzir os roubos e evitar que o pior aconteça aos clientes. As instituições dizem que estão cumprido a lei, mas ainda há muita providência a ser tomada. #Legislação