A fim de conquistar um bronzeado da cor do verão e deixar na pele as marcas dos dias de sol, muitos homens estão aderindo à fita isolante.

Assim como uma legião de mulheres vem fazendo para conseguir uma marquinha perfeita, seja tomando sol na praia, piscina ou na laje, muitos homens estão adotando a técnica de se bronze e deixar que a fita isolante faça as marcações onde o sol deve ou não bater em sua pele.

Fita isolante conquista homens que desejam ficar com marquinha

Se tornando bastante popular no ano de 2017, após o lançamento do clipe da funkeira Anitta, com a canção “Vai Malandra”, o bronzeamento realizado nas lajes de comunidades do Rio de Janeiro utilizando como demarcação no corpo tiras feitas a partir de fita adesiva conquistou a mulherada.

Publicidade

Utilizando fita isolante, após conquistar uma legião de adeptas e se tornar sensação entre as mulheres neste verão, a "marquinha perfeita" está atraindo também os homens que querem pegar um bronze.

Homens aderem à técnica de bronzeado utilizando fita adesiva

A empresária Erika Bronze, que mantém um espaço de bronzeamento em sua laje, em Realengo, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro, foi uma das pioneiras na arte de conquistar a tão sonhada marquinha . De acordo com ela, de um tempo para cá, houve um aumento significativo do número de homens que procuram seu espaço para se submeterem a técnica de bronzeamento com a fita adesiva.

Ainda a respeito do novo público, Erika revelou que conta com diversos clientes famosos que fazem a marquinha da sunga em sua laje.

Sobre a iniciativa de alguns homens em se bronzearem na laje e buscarem a marca da sunga, Erika Bronze acredita que é uma questão de vaidade e estilo de cada um. Sobre os homens que mais buscam a marquinha de fita, ela revelou que há bastante procura por parte dos fisiculturistas, que prezam uma marca perfeita, a fim de evidenciarem os músculos trabalhados.

Para realizar o bronzeamento utilizando a fita isolante colada ao corpo, existem duas técnicas.

Publicidade

A mais utilizada pelos homens é colar uma tira de fita adesiva, mais larga, na borda da sunga para que assim consiga fazer a marca retinha. Há também a marquinha que é feita a partir de uma “sunga”, produzida no próprio corpo do cliente, feita apenas com fita isolante no homem nu.

Colada a fita, os clientes das lajes deitam expostos ao sol e de tempo em tempo seus corpos são molhados com jatos de água controlados pelas funcionárias do local.