Várioscompartilhamentos recentes de uma notícia antiga emque a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (atual deputada Federal pelo Partido dos Trabalhadores) estaria inelegível foram replicados no Facebook nesta última semana. De fato, a petistafoi condenada por um possívelabuso de poder político em 2014, em ação de investigação judicial eleitoral, pelo juiz Josias Menescal Lima de Oliveira (114º Zona Eleitoral)que a tornouinelegível por 8 anos. Porém, em setembro de 2015 ela foi inocentada da acusação em decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE).

A matéria antiga foicompartilhada no Facebookinicialmentepor apoiadores do atual prefeito da capital cearense, Roberto Cláudio (PDT),euma própria postagem aqui no BlastingNews tambémfoi vítima da manipulação, querepercutiu a postagem como se fosse atualizada.

A pré-eleição municipal em Fortaleza possui um quadro bem intenso, pois o atual governador, apesar de ser do Partido dos Trabalhadores, o mesmo de Luizianne, afirmou recentemente à imprensa local que pretende apoiar o atual prefeito e não a petista, que é a maior cotada pelo partido para voltar à gestão municipal em 2017.

Um apoio do governador, somado ao péssimo desempenho, péssima administração e baixa satisfação popular, provavelmente seria o fim da esperança de reeleição de Roberto Cláudio, que não dispensa críticas à ex-gestora desde que assumiu o mandato em 2012, tornando-a sua maior ameaça.

Luizianne é o nome mais cotado dentro do Partido para ser a candidatae foi eleita prefeita em 2004 sem o apoio do então presidente à época, Luís Inácio Lula da Silva, que optou por apoiar o ex-senador Inácio Arruda (PCdoB).

Em contrapartida aos compartilhamentosrecentes no Facebook, a ex-prefeitaescreveu o seguinte em sua página:

"No jogo sujo das mídias sociais, algumas pessoas estão compartilhando maldosamente matérias jornalísticas antigas, já superadas, e que envolvem o nosso nome. Como é do conhecimento de todo(a)s, em setembro do ano passado, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE) nos inocentou - por unanimidade - da acusação de abuso do poder político durante a eleição para a prefeitura de Fortaleza em 2012.

Essa acusação foi tema de matérias na imprensa, publicadas ainda no início de 2014, portanto há mais de dois anos, e que agora voltam a circular levianamente nas mídias sociais. A decisão do TRE, destacamos mais uma vez, foi unânime a nosso favor e contra ela não cabe mais recurso. Portanto, fiquemos atento(a)s ao jogo sujo daqueles que, não podendo atacar a verdade do nosso trabalho, utilizam-se da mentira e da covardia para confundir e distorcer a realidade".

Leia também.

Siga a página PT
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!