A relação de cordialidade entre o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, e do Corinthians, Roberto de Andrade, pode selar uma negociação que deve aliviar os cofres do time de Parque São Jorge e realizar um antigo sonho do mandatário Alviverde.

Isto porque a rádio Bradesco Esportes e o programa Jogo Aberto, da Band, noticiaram uma possível troca entre o atacante argentino do Palmeiras, Lucas Barrios, pelo atacante corintiano Alexandre Pato, atualmente insatisfeito com a reserva no Chelsea.

Questionado sobre a veracidade da informação, o jogador palmeirense desconversou, mas afirmou que está ciente do interesse de outros clubes em seu Futebol. Dizendo não saber o que acontece fora das quatro linhas, Barrios mencionou estar comprometido apenas em recuperar sua posição de titular no elenco do Palmeiras e que questões sobre uma possível transferência são tratadas entre seu agente e a diretoria do clube das Perdizes.

O passe do argentino pertence, exclusivamente, ao presidente Paulo Nobre e seu salário, cerca de R$ 1 milhão, é pago pela patrocinadora do time, a Crefisa.

No Palmeiras, Barrios viveu uma fase ruim em decorrência de afastamentos por lesões e acabou perdendo sua vaga para Alecsandro.

Já Alexandre Pato vive situação de desprezo no time do Chelsea, desde sua contratação por empréstimo, muito questionada no início do ano.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Corinthians

Apesar de o treinador Antonio Conte ter afirmado que gostaria de contar com o brasileiro em seu time, logo após assumir a esquadra inglesa em abril passado, o atacante foi classificado pelo jornal britânico The Sun como "peso morto" no elenco do clube inglês.

O atacante viveu fases de dor e amor com a torcida corintiana. Contratado em 2013, um único lance acabou mudando definitivamente a sua história no time: em uma partida decisiva pelas quartas-de-final da Copa do Brasil daquele ano, cuja vaga foi determinada nas cobranças de pênaltis, contra o Grêmio, o jogador mandou a bola direto nas mãos do goleiro Dida, após tentativa de uma cavadinha que, claro, fracassou.

A partir daí, a diretoria corintiana optou por emprestá-lo ao São Paulo, pagando 50% de seu salário. No time do Morumbi, Pato ficou por duas temporadas e acabou não tendo seu passe adquirido pelos são-paulinos, retornando ao elenco de Tite. Preterido pelo técnico, acabou sendo emprestado ao time inglês Chelsea e, por não render o que se espera de um ex-Milan (ITA), virou opção inutilizável no banco.

O contrato de Pato com o Corinthians termina em dezembro deste ano e Roberto de Andrade vê, na negociação com o Palmeiras, a possibilidade de se livrar do pagamento dos vencimentos de um atleta que não proporciona ao clube a justificativa pela alta pedida salarial.

Embora tenham a mesma base salarial, Barrios poderia ser peça chave no elenco de Tite e não seria "peso morto" no Corinthians.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo