Não é fácil encarar o fato de que nosso parceiro nos deixou, não quis mais seguir com o relacionamento. Dói, incomoda, entristece, abala. Parece uma situação ruim que nunca mais vai passar. Sempre vai ser difícil, a primeira vez então, é a pior, mas com o tempo vamos aprendendo a lidar com isso.

Mas antes disso, vem o primeiro momento. A primeira reação ao ser deixado. Cada um reage de um jeito diferente, mas uma coisa é certa, conforme a situação acontece, a primeira reação vai mudando também. Veja algumas dessas reações e veja se se identifica com alguma delas.

As reações de uma pessoa quando é deixada

1. Doeu e parece que o mundo acabou

A primeira vez que fui deixada, doeu e pensei que o mundo ia acabar.

Ele era a única pessoa por quem valia a pena viver. Tudo ruiu, não sentia vontade de levantar da cama, nem de comer, de nada. Não tinha nenhuma alegria, não sentia vontade de fazer nada. Os dias se arrastavam e parece que a dor jamais iria embora. Chorei por dias, sem parar. Foi bem difícil aceitar.

2. Doeu, fiquei doente, mas aceitei

A segunda vez que fui deixada, doeu, passei mal, vomitei um pouco, mas me dei conta que foi melhor assim. O Relacionamento não ia bem, havia muitas brigas e pouco entendimento ou vontade de fazer com que as coisas dessem certo. Com o passar dos dias aceitei e vi que ele já mostrava sinais de que não estava mais a fim há algum tempo.

3. Doeu, mas aceitei e fui ver um filme

A terceira vez que fui deixada, doeu de novo. Deitei, chorei, repassei cada momento na minha cabeça e tentei descobrir o que não havia dado certo.

Os melhores vídeos do dia

Não consegui, mas isso me acalmou, talvez pelo fato de ter me dado conta que se, ao recordar de como era o relacionamento, vi que não havia feito na de errado. Decidi ver um filme e me alegrar, afinal, não há garantias de que um relacionamento dure para sempre e assim que a tristeza passar, é chegada a hora de começar de novo.

Essas reações de pessoas que são deixadas são normais à maioria de nós. Sente-se de maneiras diferentes, com intensidades diferentes, mas no geral, é um sofrimento igual. A dor é o fator comum, mas que vai embora com o tempo - esse, o tempo, é o maior aliado. E quando tudo acaba, novas oportunidades surgem, novos relacionamentos aparecem, com a promessa de tempos de felicidade.