Ontem, dia 17 de agosto de 2017 aconteceu a estreia em cinemas de todo brasil, o segundo filme da saga da boneca annabelle. Agora dirigido por David F. Sandberg, diretor do 'Quando as luzes se apagam', produção almeja mais pessoas indo para o Cinema, do que no primeiro filme que já foi sucesso arrecadando o total de RS$257 bilhões de dólares.

O filme será exibido em mais de 1200 salas de cinemas espalhados por todo o país. Alguns estados como Rondônia já começaram a exibir o filme, até antecipadamente.

A história

A trama explica a verdadeira origem da boneca sinistra. Apesar do numero 2 no título, é importante destacar que não é uma continuação, e sim uma "volta no tempo". Se passa no ano de 1940, e retrata inicialmente o sofrimento de um casal que perde sua unica filha tragicamente. Anos depois, eles decidem acolher em sua casa uma freira e algumas meninas de um orfanato que foi fechado, afim de ajuda-las e como forma de aliviar o sofrimento. Essas meninas se tornam alvo de Annabelle, uma boneca produzida pelo homem artesão dono da casa, que vai lidar também com demônios do passado.

A atual produção da franquia de filmes de grande sucesso, “Invocação do Mal” segue o mesmo estilo dado nos filmes anteriores, com suspense e o susto na medida exata sem ser piegas, ainda que abuse dos clichês de filmes desse mesmo gênero.

O filme consegue se provar como terror acima da média, e isso se dá pela qualidade visual e construção de clima. Os telespectadores vivem uma tensão constante que faz sofrer antecipadamente, mas que quase sempre acaba entregando verdadeiros sustos.

O elenco

O elenco de crianças liderado por Janice (Talitha Bateman) e Linda (Lulu Wilson), é talentoso e existe uma cumplicidade extremamente clara nas duas protagonistas. Elas conseguem gerar apenas com olhares, e momentos que tentam proteger uma a outra, uma empatia sem igual, que torna quase essencial para o filme.

Em geral, os atores não deixam a desejar, mesmo a maioria sendo jovem.

Além disso, vale destacar a originalidade da produção, que não colocou apenas crucifixos nas paredes.

Na realidade, foram colocados diversas cruzes de muitas formas, seja no reflexo, nos detalhes da vidraça, ou em coisas mais evidentes, como no papel de parede.

Os apaixonados do gênero de terror e suspense não irão se decepcionar com esta produção realmente assustadora, apesar da maioria das críticas ter classificado como nada surpreendente, vale a pena ir correndo para o cinema.

Não perca a nossa página no Facebook!