Não é a toa que Buenos Aires foi eleita a capital cultural da América do Sul, a capital Argentina conta com mais de 70 museus e 300 galerias de arte. A arquitetura muito bem conservada e o centro histórico se destacam e chamam a atenção do turista. A cidade respira cultura e tem muitos lugares para passear para todos os gostos e bolsos, veja aqui algumas dicas de passeios.

O que tem atraído muito os turistas são os parques de Buenos Aires, que são a paixão dos portenhos. São ótimos lugares para passar o dia, ficando mais cheios nos finais de semana e feriados já que são excelentes opções para reunir a família e os amigos para descansar e esquecer um pouco o caos da cidade grande.

Palermo é um dos bairros mais famosos de Buenos Aires e é onde se encontra a mais importante área verde da cidade. O Parque Três de Fevereiro, mais conhecido como Bosques de Palermo, é um dos parques mais populares da capital e é composto por um conjunto de parques, todos próximos que ficam entre as Avenidas Casares e a Del Libertador.

Como é uma área muito grande, é recomendado reservar um dia da Viagem para conhecê-lo, e vale destacar que durante a semana é mais tranquilo por ficar mais vazio.

Nessa região tem muitos parques, mas os que mais se destacam são o Jardim Botânico, Rosedal e o Jardim Japonês.

Jardim Botânico

Localizado em uma das avenidas mais movimentadas da cidade (Avenida Santa Fé), o Jardim Botânico é um excelente local para quem quer relaxar e apreciar a natureza. O local conta com mais de cinco mil espécies de árvores e plantas nativas de vários lugares do mundo, além de ter escola de jardinagem, estufas e jardins nos estilos oriental, romano e francês. Para quem gosta de paisagismo é um passeio imperdível. Funciona todos os dias e a entrada é gratuita.

Rosedal

O Rosedal sem dúvidas é um dos lugares mais encantadores de Buenos Aires.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Viagem Turismo

Com entrada pela Avenida Infanta Isabel, o parque possui um jardim recheado de flores, são mais de 18 mil rosas de todas as cores e de várias espécies. O parque conta com um lago que é ótimo para andar de pedalinho e é também um bom lugar para caminhadas. Para quem gosta de fotografia é um excelente local para visita. Infelizmente, o parque não fica florido o ano inteiro, na primavera fica muito mais lindo, mas vale a visita em qualquer época do ano. Funciona todos os dias e a entrada é gratuita.

Jardim Japonês

Localizado na Avenida Casares, o Jardim Japonês foi construído em 1967 para receber pela primeira vez na Argentina integrantes da Família Imperial Japonesa, o príncipe Akihito e a princesa Michiko. E hoje é um dos parques mais visitados da cidade.

O Jardim conta com lagos com vários tipos de peixes rodeados de pontes vermelhas, bonsais, restaurante japonês, casa de chá e lojinhas. É um ótimo lugar para relaxar e fotografar. No parque sempre tem eventos relacionados a cultura japonesa, só consultar a agenda no site do parque.

Funciona todos os dias e a entrada custa 95 pesos (menores de 12 anos e maiores de 65 anos não pagam).

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo