Uma equipe de gamers suecos está atraindo a atenção de milhares de pessoas na plataforma de transmissões ao vivo, Twitch. A curiosidade da notícia e, provavelmente, também dos seguidores do time, é que a idade média do grupo, composto por aposentados, é de 67 anos.

A equipe sueca, conhecida como "Silver Snipers" (atiradores prateados), foi um dos principais atrativos no último festival digital internacional Dreamhack, que ocorreu na cidade de Jönköping, na Suécia, no mês de julho.

O time, que é integrado por Abbe Drakborg, Oivind Toverud, Per-Arne Indefors, Inger Grotteblad e Monica Indefors, viajou muitos quilômetros para jogar Counter Strike: Global Offensive (CSGO), em Jönköping, em frente a uma gigantesca platéia.

Encontro de gerações

O local do festival tem uma iluminação semelhante a de uma danceteria, onde flashes de luz rasgam ambientes escuros ao som de house music. Pelo tamanho, também se assemelha a um centro de convenções, com vários palcos espalhados, e cercado de enormes telões.

Em cima dos palcos, estão vários grupos de jovens, predominantemente homens, com idade máxima que não passa de vinte e pouco anos. E apesar de serem muito admirados entre os gamers, tietados como ídolos muitas vezes, a presença dos "Silver Snipers" mudou bastante as atenções dadas aos jogadores mais jovens.

Segundo Inger Grotteblad, integrante do "time de aposentados", a molecada que estava no festival adorou a presença deles. Por onde andavam eram cercados pelos jovens para tirar fotos ou somente para dizer o quanto achavam todos da equipe incríveis.

Para Tommy Ingemarsson, dez vezes campeão mundial de Counter Strike e treinador da equipe de veteranos, várias razões explicam a admiração dos jovens pelo time dos "atiradores prateados".

A curiosidade de vê-los jogar algo tão restrito a um público mais novo ou o desejo de comprovar que é possível que eles mesmo possam continuar jogando algo que amam tanto, quando forem mais velhos, é algum desses motivos.

Segundo Tommy, as disputas de games é para todos, não importando o gênero, a idade ou a nacionalidade. E justamente por pensar assim, é que decidiu, após tantas glórias como jogador, virar técnico do time de veteranos sueco.

E, como ele afirma, apesar do enorme desafio, a vontade de aprender coisas novas e a paixão que eles apresentam até nos treinos é a maior recompensa por todo o esforço.

Para esses "experientes" jogadores, ganhar ou perder ainda não é o mais importante. Conseguir interagir e ser admirado por uma geração, completamente diferente da que viveram, é a principal vitória.

Mercado bilionário

Festivais como o Dreamhack se tornaram um excelente ponto de encontro para os amantes dos games e uma grande oportunidade de expansão para o enorme mercado dos jogos digitais. Um recente estudo, sobre a indústria mundial de games, demonstra a força e a importância do setor na economia atual.

Segundo a pesquisa, só em 2017, foram gerados mais de 100 bilhões de dólares neste segmento, e a expectativa é que esse faturamento cresça ainda mais nos próximos anos.

Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!