Recentemente, o hipnólogo e youtuber Pyong Lee virou um dos principais assuntos comentados em todo o Brasil pelo pior motivo possível: acusações de assédio. No entanto, tais acusações não foram vistas apenas dentro do reality. Todo o boato e alvoroço fez com que muitas pessoas despertassem a curiosidade sobre o fato, e a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, decidiu ir atrás de informações.

Todo o burburinho causado na casa fez com que milhares de pessoas procurassem Katherine Chaise, a ex-namorada do hipnólogo.

No entanto, a jovem procurava evitar qualquer tipo de investida da imprensa, decidindo não se manifestar sobre o passado. Neste domingo (9), a moça decidiu quebrar todo o silêncio e desabafar sobre o caso.

"Estão me mandando mensagens falando que o Pyong Lee comentou no 'Big Bosta Brasil' que uma ex-namorada agredia ele. Não sei se vocês sabem, mas não sou a única ex. A que agredia foi namorada dele na adolescência. Agora me deixem em paz porque não tenho mais nada com ele. Vivam o presente", postou Katherine nas redes.

Excesso por parte de Pyong Lee

Na última festa do "BBB20", Pyong passou dos limites nos drinks da casa mais vigiada do Brasil, ficando mais solto do que deveria e ultrapassando alguns limites, sendo acusado de assédio por milhares de pessoas nas redes sociais.

Na noite do acontecimento, o youtuber tentou de todas as formas beijar a médica Marcela durante os momentos da festa, que contou com a participação do DJ Alok.

Não sendo o bastante, Pyong ainda apalpou a participante Flayslane enquanto eles dançavam.

Globo decide manter Pyong Lee no 'BBB20'

A Globo já se manifestou sobre os acontecimentos e, assim como fizeram com Patrix Barbosa, a emissora tomou a decisão de deixar o rapaz dentro do reality show. O hipnólogo foi alvo de inúmeras campanhas na web repudiando duramente seu comportamento com as participantes Flayslane Raiane e Marcel Mc Gowan na festa desta sexta-feira.

No domingo, o apresentador Thiago Leifert afirmou que o influencer recebeu uma advertência sobre a atitude cometida com as mulheres de dentro da casa.

Segundo Tiago, o "Big Brother Brasil" repudiou o comportamento do Youtuber dentro da festa. Antes mesmo da advertência ser dada, a emissora decidiu ouvir o que as sisters tinham a falar sobre Pyong dentro do confessionário. As duas resolveram isentá-lo de sua culpa. O hipnólogo também perdeu todas as suas estalecas e reconheceu publicamente que exagerou em suas atitudes.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!