Um caça SU-24 da Força Aérea Russafoi derrubado por dois jatos F-16 turcos nesta terça-feira (24), perto da fronteira com a Síria. As imagensda queda do avião foram divulgada pelas TVs locais. Apresidência turca afirmou que a aeronave militar violou o seu espaço aéreo e foi alertadapordez vezes durante um intervalo de cinco minutos.

Segundo a emissora"CNNTÜRK", um dos pilotos morreu, enquanto o outro foi capturado por milícias turcomanas que combatem o regime de Bashar al-Assad. Em comunicado, o Observatório Sírio de Direitos Humano anunciou que helicópteros russos estão sobrevoandoJabal al Turkoman, região próxima do local onde o piloto caiu.

"Durante o voo, o avião permaneceu todo o tempo sobre o território da Síria, como ficou registrado nos radares", declarou o Ministério da Defesa da Rússia, garantindoque a aeronave não violou o espaço aéreo turco.O porta-voz russo afirmou que a queda da aeronave foi“um incidente muito sério”.

O presidente da Turquia,Recep Erdogan, foi avisado a respeito do incidente e irá conversar com o primeiro-ministro.

"Serão tomadas as iniciativas necessárias junto da OTAN, ONU e ao nível dos países envolvidos por parte do Ministério dos Negócios Estrangeiros", anunciou Ahmet Davutoglu, o primeiro-ministro. A Turquia já havia denunciado as violações de seu espaço aéreo pela Rússia anteriormente e já havia alertado que derrubaria as aeronaves que voltassem a entrar em seu território sem autorização.

Este foi o primeiro avião perdido pela Força Aérea da Rússia desde o início do bombardeio de posições de organizações terroristas localizadas em território sírio.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades

A Rússia faz parte da coalizão internacional que tem atacado as bases do Estado Islâmico no território sírio e intensificou os bombardeios desde os ataques terroristas em Parise também desde que se confirmou que o avião comercial russo, derrubado no Egito, foi vítima de um atentado bombista - tal como o Estado Islâmico reivindicara.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo