É desesperador imaginar uma morte extremamente horrenda como a deste rapaz, que ateou fogo em seu corpo, depois que seu pai o proibiu de passar horas e horas jogando online.

Tal atitude mostra o quanto os jovens do mundo inteiro estão cada vez mais 'viciados' em games online e que são capazes de medidas inacreditáveis caso sejam privados de participar dos jogos.

De acordo com o portal de notícias online R7, o caso aconteceu em uma pequena cidade na China.

Publicidade
Publicidade

O ato desesperado do rapaz de 22 anos chocou o país. Saibam mais aqui.

Rapaz ateia fogo em seu corpo por causa de jogo

O jovem de 22 anos identificado como Hsueh Jun-Chen, teve uma morte terrível e bastante dolorosa. O rapaz se desesperou depois que seu pai o proibiu de ficar muitas horas jogando online e colocou fim a própria vida, ateando fogo em seu corpo.

O pai do rapaz, está em estado de choque e afirmou que jamais imaginaria que por causa do videogame, seu filho se mataria de uma maneira tão trágica.

Jovem se mata por causa de videogame.
Jovem se mata por causa de videogame.

O caso macabro aconteceu na cidade de Fenyuan,Taiwan, na última semana

Entenda como aconteceu

Segundo o pai do jovem, Liu, de 48 anos, ele teve uma conversa séria com o filho por causa do baixo rendimento na faculdade. Liu relata que Hsueh Jun-Chen, estava passando cada vez mais tempo jogando na internet e que por isso já não se dedicava mais aos estudos, não dormia direito e nem se alimentava corretamente.

Por causa dos jogos online o jovem já não conseguia mais acompanhar de maneira adequada os estudos e também não se interessa em conseguir uma colocação no mercado de trabalho e por isso eles tiveram uma discussão acalorada.

Publicidade

Depois deste desentendimento, Liu, proibiu o jovem de jogar videogame, exigindo que o filho se dedicasse mais a faculdade e que saísse a procura de um emprego.

Logo após discutirem, Hsueh Jun-Chen, saiu de casa em direção a uma floresta próxima a sua residência, levando consigo um galão com produto inflamável. Já na floresta ele derramou o líquido em seu corpo e em seguida ateou fogo.

A polícia investiga o caso. As autoridades locais acreditam que o jovem sofria de depressão por não conseguir emprego e não ter um bom rendimento na faculdade.

Desesperado o pai do jovem disse que bastaria o filho ter conversado com ele e que não consegue entender a atitude do jovem.

Leia tudo e assista ao vídeo