Lembra-se do filme "A Garota Rosa Choque" (Pretty in Pink, “linda de rosa”, no original), do diretor americano John Hughes? Bom, essa modelo poderia muito bem ter se inspirado nele: pois à parte o chapelão preto, as peças mais conspícuas do look com que ela percorreu a passarela foram botas fuchsia, uma bolsinha cor-de-rosa em forma de coração e uma peruca rosa na cabeça. Foram as únicas, também: ela desfilou Nua em pelo. Depois, foi a vez de uma modelo de chapéu preto e rosa, peruca rosa, bolsa preta e botas cor-de-rosa. E por aí vai. Afinal, que história é essa?

Bom, a cena do vídeo reemergiu recentemente no Youtube, ganhou vários views em diferentes canais, chegou (novamente) às manchetes e causou uma enorme polêmica, despertando várias indagações.

Na verdade, só uma mesmo: “por quê?” Se dissermos que “Lady Gaga” está envolvida, o estranho já começa a fazer mais sentido, não é verdade? Mas o que a rainha do excesso tem a ver com o desfile minimalista?

O francês Charlie Le Mindu, então com 24 anos, ex-cabeleireiro e criador de acessórios, inclusive algumas das perucas usadas por Lady Gaga, resolveu desafiar um tabu e enviar para desfilar ao natural  as modelos que iam mostrar seus acessórios na London Fashion Week há 6 anos. Como brincou o jornal britânico Daily Mail em sua página na internet, talvez o estilista não tenha desejado correr o risco de que algo tão banal quanto roupas pudesse desviar os olhares e acabasse roubando as atenções que ele queria dirigidas para as suas criações exibidas ao público.

Se ele queria chamar atenção, conseguiu, pois, como se vê no Vídeo, muitos dos presentes não hesitaram, logo que a primeira beleza despida apareceu, em sacar de seus celulares e eternizar em fotos e vídeo o que de outra forma teria sido um momento fugaz – e provavelmente não é para ter uma foto da bolsinha, para poder comprar uma igual.

Os melhores vídeos do dia

No ano anterior, também no London Fashion Week, ele tinha despertado a ira de defensores dos direitos animais apresentando um véu feito de roedores mortos.

Confira o vídeo: