Na cidade de Guangzhou, na China, um pai acabou matando o filho, de apenas 5 anos de idade, por acidente enquanto passeava com o garoto no supermercado. A câmera de vídeo registrou o momento exato do acidente. Nas imagens é possível ver os dois caminhando de mãos dadas.

O caso ocorreu em outubro de 2016, porem este mês tornou a repercutir após o vídeo com o acidente ser postado em vários grupos no Facebook. Os grupos são referentes a maternidade e criação de filhos, que relembraram a Tragédia par enfatizar a importância de ter cuidado com os filhos e evitar acidentes.

Publicidade

A criança começou a brincar de andar atrás do pai, quando o homem se desequilibrou a acabou caindo em cima do próprio filho. O pai tentou sair rapidamente de cima da criança, mas não conseguiu. Uma mulher, que estava presente no momento, ajudou o homem a se levantar e também a pegar a criança.

O pai caminhou com o filho no colo uns poucos metros. Logo em seguida, o colocou novamente a criança, que estava desacordada, no chão. O garoto foi levado ao hospital local, mas acabou não resistindo e faleceu.

Na queda, o peso do corpo do pai acabou atingindo o menino na parte do tronco para cima e também a cabeça. Veja o vídeo.

A causa da morte foi uma fratura na coluna cervical, ou seja, ao ser atingido o menino acabou fraturando a região do pescoço. Este tipo de situação é um aleta para os pais analisarem as brincadeiras que fazem com seus filhos. A advertência serve para brincadeiras que podem parecer inocentes, como lutinhas, carregar a criança nas costas e até em escorregadores, camas elásticas entre outras.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

Por mais que esse tipo de diversão possa parecer inocente, se não for feito da maneira correta, com a devida segurança, podem acabar em tragédia.

A diversão para os pequenos é essencial, mas desde que seja feita com consciência. Um levantamento realizado em cinco hospitais de São Paulo, no ano de 2012, mostra que 48% das lesões em crianças de até 14 anos são derivadas de quedas, sejam elas em casa ou no parquinho.

O mesmo estudo mostrou que acidentes esportivos com bolas, bicicletas e outras modalidades foram responsáveis por 10% das ocorrências com crianças.

Entre as brincadeiras que mais ocasionam acidentes, sejam eles graves ou não, estão a cama elástica, bolinhas de gude, pipas, bicicletas, escorregadores, brincadeiras com fios e natação.