No próximo dia 20, Donald Trump toma posse da presidência dos Estados Unidos, e são esperadas várias manifestações nas ruas de Washington, contrárias e favoráveis ao presidente eleito. As diversas agências responsáveis por manter a ordem e a segurança na cerimônia estima um público de 1 milhão de pessoas e a presença de autoridades de todos os cantos do mundo.

Além de tudo que já se poderá esperar em um evento desse porte, ainda se espera um número recorde de manifestações. A agência federal responsável por liberar permissões oficiais para realizações de protestos na capital americana, o Serviço Nacional de Parques, afirma ter aumentado em até 6 vezes, em relação a posses anteriores, o número de permissões realizadas, que chega a 30 neste ano.

Há desde grupos ativistas em defesa da maconha, marcha das mulheres, direitos dos imigrantes, contra guerra, contra o racismo, contra violência policial, e também grupos de motoqueiros, que pretendem demonstrar apoio ao novo presidente. Dentre todas citadas, a maior Manifestação com certeza será a Marcha das Mulheres, que deve reunir mais de 100 mil pessoas.

A prefeita de Washington, Muriel Bowser, confirmou a presença de pelo menos 3 mil policiais vindos de outras regiões do país, e conta também com 5 mil integrantes da Guarda Nacional, que farão parte do policiamento no local entre as manifestações.

O diretor de segurança interna de Washington, Chris Geldart, disse, em entrevista coletiva, que o objetivo é assegurar que todos possam vir, usufruir do seu direito de manifestar, de forma pacífica e dentro da lei (seja qual for o tema da manifestação), e que todos voltem para suas casas em segurança no fim do evento.

Maconha

Os organizadores da manifestação pró-maconha, Nikolas Schille e Adam Eidinger, dizem acreditar que Trump pode fazer o que Obama deixou de fazer: legalizar totalmente a erva.

Mulheres

Segundo as organizadoras da Marcha das Mulheres, a manifestação não se trata de um "protesto anti-Trump", mas da luta em defesa dos direitos das mulheres, justiça social e direitos humanos.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Política

Motoqueiros

Uma das principais manifestações de apoio ao novo presidente deve ser a do grupo de motoqueiros Bikers for Trump, que deve reunir na cerimônia de posse 5 mil integrantes e suas motos, para recepcionar o presidente eleito e buscar uma transição pacífica.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo