Você certamente já ouviu falar em Illuminati. Ainda que não saiba do que se trata, não é difícil ver pessoas paranoicas pela internet, acusando o grupo de ser o responsável pela corrupção, riqueza, crise política, assassinatos e até ‘controle mental’ de artistas e pessoas influentes.

Os Illuminati, na verdade, não são seres mitológicos. Se trata de uma sociedade secreta composta somente por pessoas muito ricas e influentes, semelhantes a maçonaria, só que como se fosse a ‘top’ das sociedades, onde seus membros são, em sua maioria, líderes mundiais ou pessoas que podem, de alguma forma, influenciar milhões de outras pessoas.

A sociedade não possui ‘propagandas’ ou ações públicas, como as lojas maçônicas. Seus membros não falam sobre o assunto e preferem fazer de conta que o grupo acabou há séculos.

O mistério que gira em torno dessa sociedade secreta, é que muitos dizem que ela seria a ‘Religião’ do anticristo, onde os homens mais poderosos do mundo controlam riquezas e fazem planos assustadores de como dominar a terra e até diminuir a população mundial, para instituir um governo único.

O que tem assustado pessoas em todo o mundo é que um site oficial do grupo foi lançado na internet, o que coincide com a política de regressos, xenofobia e preconceitos instituída por Donald Trump e que fez cientistas adiantarem o ‘relógio do fim do mundo’ nessa semana.

O site illuminatiofficial.org apresenta a imagem de alguns membros, mostra links para as pessoas interessadas em fazer parte do grupo se cadastrarem e diz que revelará segredos importantes sobre a sociedade.

Os melhores vídeos do dia

Ao mesmo tempo que parece ser um site de teóricos da conspiração, também parece ser oficial por convidar pessoas que se acham dignas de preencherem os requisitos da ordem, para migrarem para o grupo.

Uma das formas do grupo atuar, segundo os inúmeros documentários sobre o assunto, seria fazer as pessoas duvidarem da verdade, para que possam agir sem chamar atenção. Outro ponto que tem conferido maior credibilidade ao site, é que a própria sociedade, que sempre foi muito discreta e diferentemente da maçonaria, nunca se expôs, não negou a veracidade do site.

Apesar da discrição, o site demonstrou algo que as diferentes correntes de lojas maçônicas já faziam: prometer o fim de mitos inventados sobre a organização, ao longo dos anos. Não é novidade para ninguém que as sociedades secretas sempre foram ligadas ao ocultismo e seitas satânicas e há muitos anos que muitas denominações tentam se livrar desse rótulo. Agora, os Illuminati decidiram fazer o mesmo.

Verdade ou não, uma coisa é certa: não é fácil se tornar um Illuminati.

O site deixa claro o que todos já sabiam: a organização é formada por grandes líderes mundiais, portanto, não basta ter uma vida boa e uma conta bancária generosa, é preciso ter alguma relevância no mundo ou em um país, para poder se candidatar ao grupo.

Nunca houve nenhuma confirmação sobre os seus membros vivos, apenas de reis, ex-presidentes, cientistas e filósofos que integraram o seleto grupo. Teóricos da conspiração apontam que ex-presidentes dos Estados Unidos, bem como alguns cantores americanos famosos, integrem o grupo, entretanto, tudo não passa de uma conspiração, uma vez que com a grande polarização que está ocorrendo na América, as pessoas têm culpado o grupo por todos os males e pobrezas do mundo. Agora, é esperar para ver ser o site continua no ar e se é comprovado se tratar de algo oficial mesmo.

E você, acredita na existência e periculosidade dessa sociedade? Deixe a sua opinião através de um comentário.