O Oscar 2017 foi recheado de polêmicas, uma delas protagonizada pela atriz Scarlett Johansson e o apresentador Ryan Seacrest. Ele fez uma pergunta que deixou a beldade bastante irritada, classificando-a como ridícula.

O apresentador do canal E!, muito brincalhão, perguntou se a atriz costumava usar nos ensaios para a entrega do Oscar, realizado no domingo (26), os sapatos que estava calçando no momento. "Que pergunta ridícula", ela rebateu, irritada.

Publicidade
Publicidade

Visivelmente sem graça com a grosseria da convidada, Seacrest tentou explicar que a pergunta era pelo fato de Halle Berry também usar saltos altos nos treinos para a festa do tapete vermelho. "Bem, eu não sei! Não imagino ter que usar esses sapatos por dois dias seguidos", respondeu Scarlet Johansson em tom azedo.

No ano passado, a campanha #AskHerMore, apoiada pela atriz Reese Witherspoon e a roteirista Shonda Rhimes, sugeria que os apresentadores fizessem perguntas diferentes as atrizes, que não se limitassem só ao figurino das famosas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Cinema

Quem acompanhava a transmissão da festa pelo Twitter, ficou em dúvida quanto a postura da diva do Cinema europeu. Alguns acharam a resposta muito grosseira e desnecessária, porém outros elogiaram sua atitude crítica. O apresentador foi acusado de sexismo. O jornalista de celebridades Michael Weinfeld ironizou a pergunta e disse que Seacrest deveria ter se referido ao cabelo dela.

A discussão dos famosos no tapete vermelho recebeu muitas criticas quanto a transmissão deste ano recheada de episódios polêmicos.

Publicidade

Prova disso foi o mais marcante da noite, a troca de envelopes anunciando "La La Land: Cantando Estações" como ganhador do Oscar de Melhor Filme, quando, na verdade, o premiado foi "Moonlight: Sob a Luz do Luar".

A situação inusitada deixou os apresentadores desconfortáveis e a equipe de “La La Land”, que já comorava no palco, teve que se retirar. A comemoração ficou para a equipe de “Moonlight”.

Outro ponto negativo da noite foi a entrega da estatueta de Melhor Ator a Casey Affleck (“Manchester a Beira Mar”).

A atriz que anunciou o premio recusou-se a bater palmas para o premiado em repudio ao episódio de assédio sexual.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo