Aconteceu um fato inusitado na Índia onde um recém-nascido veio ao mundo com uma aparência bem estranha e acabou sendo comparado ao alien por muitas pessoas que vivem em seu pequeno povoado na Índia. O menino sofreu tanto que até sua mãe ficou impressionada com sua aparência e entrou em choque, se recusando a amamentar o bebê que acabou de nascer com diversas doenças que explicavam sua deformação.

O recém nascido veio ao mundo nesta segunda-feira (20) e tem chamado à atenção de muitas pessoas por seu aspecto bem diferente da maioria dos bebês que nascem em todo o mundo. Sua mãe, de 35 anos, Khalida Begum não sabia que seu bebê sofria da enfermidade que reduziu o tamanho de sua cabeça, além de outros aspectos incomuns que outras patologias deixou no pobre bebê.

Ainda não se sabe qual é a verdadeira doença do menino, que parece ter ictiose congênita ou fetal, onde além da má formação dos órgãos, a pele do bebê nasce completamente diferente, sendo mais grossa e possuindo deformações graças a um distúrbio genético provocado por essa patologia que é uma das várias que o bebê sofre.

O caso aconteceu no norte da Índia em uma cidade chamada Bihar. Alguns especialistas estão apontando que o menino tenha anencefalia, onde seu cérebro não desenvolveu o suficiente para considerar o menino saudável. Isso acabou deformando também sua cabeça, que é bem menor que a da maioria de outros bebês que nascem de forma saudável.

Alguns religiosos também acreditam que o menino possui poderes divinos, isso porque essas pessoas acreditam que ele seja uma reencarnação de um famoso deu Hindu, uma religião bastante difundida na Índia.

Isso acabou atraindo muitos peregrinos e religiosos para a casa do bebê alien, por ele ser considerado a encarnação do Deus Hanuman, que segundo o hinduísmo, sua representação assemelha-se a de um macaco.

A mãe teve outros dois filhos antes do bebê e nenhum deles apresentou nenhum tipo de problema. Assim que viu o seu filho, Khalida ficou tão desesperada que pediu para que a parteira retirasse a criança de perto dela, tendo um comportamento assustador ao ver que seu bebê era diferente das outras crianças.

Não perca a nossa página no Facebook!