Uma mulher surtou com sua filha e depois de horas de tortura tentou mata-la. A tentativa de homicídio aconteceu na cidade Middletown, na Penysylvania, nos Estados Unidos, depois de uma denúncia a mulher foi presa nesta quinta-feira (23). Saiba mais aqui.

De acordo com o portal de notícias online do jornal Extra, o crime aconteceu na terça-feira (14), segundo informações da polícia a mulher identificada como Rhonda Kemp Shoffner, de 41 anos, bateu em sua filha, a torturou e depois tentou esganá-la porque a jovem estava errando ao recitar versículos da bíblia.

Publicidade
Publicidade

Mulher surta e tenta estrangular a filha

A vítima prestou depoimento e contou para a polícia que a mãe estava ingerindo bebida alcoólica a três dias e que em um certo momento ela surtou e começou a brigar com a filha. Ela obrigou a adolescente a se ajoelhar no banheiro e a obrigou a recitar versículos bíblicos, porém quando a jovem errava alguma palavra a mãe a agredia com tapas, pontapés e mordidas.

Publicidade

Irada com os erros da filha ela tentou estrangular a jovem. A menina conseguiu se desvencilhar da mãe e fugiu de casa procurando ajuda com seu pai.

O homem indignado levou a jovem até a delegacia mais próxima onde prestou queixa contra a ex-companheira, mãe da adolescente. Além dos ferimentos por todo o corpo, a jovem também tinha várias marcas de mordidas.

Ela continua presa e não teve fiança estipulada.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Religião

As informações foram dadas pelo jornal "The New York Post".

Infelizmente o consumo de bebida alcoolica é crescente em todo o mundo e muitas vezes as pessoas que ingerem a bebida se tornam violentas, colocando a própria vida e a de terceiros em risco.

Ingestão de bebida alcoólica pela população brasileira

A OMS (Organização Mundial da Saúde), mostra através de pesquisas que aproximadamente 40% fazem a ingestão de bebidas alcoólicas de maneira habitual e que dentro deste percentual 42% fazem o uso abusivo da substância.

Os estudos também revelam que o número de mulheres que passaram a consumir álcool diariamente teve um aumento considerável.

infelizmente os jovens também estão começando a beber cada vez mais cedo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo