O jogo Baleia Azul é apontado como provocador de suicídios de adolescentes. Sua criação teria sido inspirada no Suicídio em 2015 de Rina Palenkova, de 17 anos, fato aproveitado pelo criador da comunidade russa F57 para criar um jogo cujo objetivo era atrair visitas para a comunidade e ganhar dinheiro com propaganda.

O site russo Novaya Gazeta defende que tudo não passa de uma interpretação errônea e que os suicídios de jovens teriam outras causas, desde a instabilidade familiar até a falta de perspectiva social.

Baleia Azul – como tudo começou

Apesar das tentativas de desassociar o Desafio da Baleia Azul dos suicídios entre jovens, o site russo Snopes revela que tudo começou após o suicídio da jovem Rina Palenkova, de 17 anos.

Depois de postar uma foto e dar adeus na rede social russa VK.com, ela se deitou nos trilhos no momento da aproximação de uma locomotiva.

Na época, jornais russos diziam que Rina tirou a vida por causa de problemas com o namorado.

A foto de Rina momentos antes da morte passou a ser incluída em cultos estranhos. Foi compartilhada em vários sites, inclusive no “Sea for Whales” (Mar de baleias), uma comunidade de internet russa.

Os administradores da comunidade aproveitaram o clima de mistério e criaram um jogo com inscrições hebraicas, caracteres estranhos, tudo para atrair visitantes. O grupo fazia referência à baleia azul porque este tipo de animal encalha na praia, como se cometesse suicídio.

Mais tarde, o administrador da comunidade, Filip Lis, disse que nunca pretendia estimular o suicídio de adolescentes.

Os melhores vídeos do dia

Só queria ampliar o número de participantes da F57, hoje extinta.

Baleia azul e o suicídio na Rússia

O Novaya Gazeta informa que dezenas de crianças haviam se suicidado em um espaço de seis meses no território russo. O que elas tinham em comum era a participação em uma comunidade de jogos on-line.

A Gazeta informa ainda que, de novembro de 2015 a abril de 2016, 130 crianças tiraram a própria vida. Quase todas elas participavam da mesma comunidade de jogos da internet. E que 80 desses suicídios tinham ligação com o jogo Baleia Azul.

Site contesta efeito Baleia Azul

Ainda na Rússia, o site Meduza rebate o Novaya Gazeta. em um artigo, diz que é mais razoável acreditar que adolescentes com tendências suicidas procurem participar dos mesmos grupos e comunidades de internet. Com isso, o site quer indicar que as crianças que se matam já tinham a tendência antes de conhecer o jogo Baleia Azul.

Dados do Ministério Público da Rússia indicam que 62% dos suicídios entre crianças e adolescentes estão associados a problemas no seio da família, desamparo, conflitos em escolas, tanto com professores quanto com colegas, agressões por parte de pais e amigos.

Outro relatório, desta vez do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), aponta que em períodos de crise financeira acentuada o mundo registra aumento de suicídios nesta inicial da vida.