Uma senhora de 49 anos, identificada como Lekshmi L, experimentou algo muito pior - e mais incomum - do que a tradicional e metafórica pulga atrás da orelha. Quando ela acordou de um cochilo na varanda de sua casa, sentiu o interior de seu ouvido direito formigar. Ela tentou coçar o lugar com seus dedos e pediu a sua filha que usasse uma lanterna para ver se havia alguma coisa dentro. Apesar de todas essas medidas, ela desenvolveu uma dor excruciante na cabeça e seu marido, então, a levou rapidamente ao Columbia Asia Hospital, na cidade de Hebbal, Índia.

Publicidade
Publicidade

No estabelecimento médico, o mistério foi finalmente elucidado: os médicos viram uma aranha viva dentro do ouvido de Lekshmi. Os profissionais, surpreendidos com o achado, aplicaram um remédio líquido no canal auditivo da indiana e filmaram o momento em que a grande aranha deixa o local. A visão do animal - e especialmente de seus olhos - enquanto vai se locomovendo lentamente pelo canal auditivo de Lekshmi em busca da saída é impressionante.

O otorrinolaringologista Santosh Shivaswamy, que tratou a paciente, diz que visitas à emergência do hospital por causa de objetos no ouvido são comuns e, geralmente, removê-los exige dos médicos apenas um procedimento simples.

Publicidade

Em um caso em que um inseto ou um aracnídeo entra no ouvido de uma pessoa, porém, a ansiedade do paciente em relação à situação pode complicar as coisas.

Indiana se mostrou ansiosa com a presença da aranha

Lekshmi estava muito ansiosa. Ela explicou que se sentia sufocada pelas dores agudas e que ficou petrificada quando os médicos confirmaram a presença do animal em seu canal auditivo. Além disso, ela disse que sentia os movimentos que o aracnídeo de avantajadas proporções fazia em seu ouvido.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Mulher

O doutor Santosh também disse que é raro ver uma aranha viva dentro de um ouvido humano. Felizmente, segundo os médicos, nenhum dano permanente foi feito ao ouvido ou à audição da paciente.

Um caso parecido que aconteceu no sudeste de um país vizinho da Índia, a República Popular da China, ganhou certa notoriedade em 2015 quando uma senhora, identificada pela imprensa apenas pelo sobrenome Li, tomou um susto quando, depois de ir a um hospital por causa de uma dor de ouvido, descobriu que a dor e o persistente som de algo sendo arranhando que ela ouvia em seu canal auditivo vinham da atuação de uma aranha. O aracnídeo já tinha até começado a fazer uma complexa teia antes de ser retirada do local pelos profissionais através de um procedimento cirúrgico.

Vídeo:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo