Embora não haja evidências da presença extraterrestre no nosso planeta, um bizarro acontecimento envolvendo supostas aparições de entidades de outros mundos, em 2 de junho, mobilizou as autoridades e a imprensa da Rússia.

De acordo com o periódico oficial do município de Krasnodar, КУБАНСКИЕ НОВОСТИ, edição de 5 de junho, um habitante de Vodniki, vilarejo próximo à cidade citada anteriormente, foi ao departamento de polícia de Prikubansky County relatar uma história inacreditável – veja as manchetes.

O russo disse ter observado o pouso de uma nave extraterrestre e o posterior desembarque de sete seres alienígenas gigantes, avaliado por ele como tendo cerca de 7 metros de altura.

Conforme Alex Grechishkin, policial que atendeu o sujeito, que aparentava estar perturbado com a insólita ocorrência, ele e os colegas foram ao local onde o suposto objeto voador não identificado (ovni/UFO) e seus tripulantes foram vistos.

No entanto, o oficial manteve o mistério a respeito do caso. Grechishkin salientou impossibilidade em revelar as circunstâncias da cena investigada por ele e os colegas, até o término da averiguação.

“Nós temos que responder a todas as chamadas provenientes de moradores de Krasnodar.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades

Sim, eu estava lá, mas os detalhes não podem ser divulgados antes do final da investigação”, confidenciou o agente da lei.

Porém, o jornal teve acesso ao relatório oficial – equivalente ao Boletim de Ocorrência no Brasil - onde as particularidades da confissão declarada pela testemunha, foram anotadas pelo chefe do departamento da polícia de Prikubansky County, Ivan Bondarev.

Na ocasião, o homem, que não teve o nome divulgado, disse que enquanto dirigia na madrugada de 2 de junho, às 4 horas, no vilarejo de Vodniki, avistou uma espaçonave pousando dentro da floresta.

Também relatou observar sete seres de cor prata, avaliado por ele como tendo 7 metros de altura, saindo da nave – confira abaixo o relatório oficial obtido pela imprensa do país e o local do hipotético pouso.

Apesar de haver a possibilidade de o russo ter ingerido umas vodcas além da conta, ou feito uso de drogas, o periódico russo Newsru.com, acentuou a inexistência dessas substâncias no organismo do sujeito.

“Neste caso, a polícia observou que, estranhamente, o requerente não tinha provas de álcool ou drogas”, escreveu o Newsru.

Até o momento, as investigações continuam. Entretanto, é possível que a conclusão do caso não seja divulgada à imprensa. Afinal, aliens não existem, certo?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo