A youtuber Monalisa Perez, de 19 anos, matou o namorado, Pedro Ruiz, de 22, depois de dar um tiro em seu peito, em vídeo transmitido ao vivo pelo YouTube Live. Cerca de 30 pessoas assistiram à cena. O caso aconteceu em Minessota, nos Estados Unidos.

O jovem casal buscava a fama por meio da internet e decidiu criar um canal no YouTube.

Publicidade
Publicidade

De acordo com uma tia do rapaz, em entrevista ao canal WDAY-TV, Pedro havia lhe dito que fariam uma brincadeira porque os dois queriam mais seguidores e ficar mais famosos.

A brincadeira consistia no rapaz colocar um livro à frente do peito e a namorada atirar contra o livro. A ideia, claro, era que a bala não atravessasse o objeto. Mas isso não aconteceu.

O tiro disparado por Monalisa atravessou o livro e acertou em cheio o coração de Pedro, que não resistiu ao ferimento e morreu.

Matou o namorado com tiro no peito
Matou o namorado com tiro no peito

Entre as pessoas que assistiram à cena ao vivo está a filha do casal, que tem apenas três anos, e viu o pai ser morto.

Ainda de acordo com a tia, o casal se amava, e a tragédia foi apenas resultado de uma brincadeira – bastante infeliz, diga-se – que deu errado. Monalisa foi detida e pode ser condenada.

De acordo com autoridades policiais, o livro utilizado na infeliz brincadeira era uma Enciclopédia de capa dura. A arma usada por Monalisa foi uma pistola Desert Eagle de calibre 50.

Publicidade

Apenas um disparo foi feito, a uma distância de 30 centímetros. De acordo com a moça, a brincadeira foi a ideia de seu namorado. No Twitter, Monalisa postou que ela e o namorado fariam uma brincadeira bastante perigosa e que a ideia era dele.

Brincadeira

Qualquer tipo de brincadeira envolvendo arma de fogo ou até mesmo armas brancas é bastante perigosa e coloca em risco a vida de quem participa deste tipo de coisa.

A situação fica ainda pior quando a arma é disparada na direção de alguém.

O mínimo que eles deveriam ter feito antes da infeliz brincadeira era ter atirado no livro para testar sua resistência.

Para alguns, o ato do rapaz foi de coragem. Mas a linha que separa a coragem da estupidez é bastante tênue. Por causa da atitude dos dois, uma criança ficou órfão de pai e pode perder a mãe, que corre o risco de ser condenada e ficar muitos anos atrás das grades.

O porte de arma é liberado nos Estados Unidos e isso dá acesso a qualquer pessoa para que tenha a sua própria arma em casa.

Publicidade

Lojas bélicas são bastante comuns em algumas cidades dos Estados Unidos. Por isso, também são comuns os crimes cometidos por armas legais em terras norte-americanas.

Leia tudo