O vídeo com depoimento de um homem que se declarou ser jesus Cristo está circulando pela internet e gerando diversas criticas e acusações.

Omowolw Isaac Omogoroye é um nigeriano que está chamando a atenção das pessoas ao redor do mundo por dizer que é o filho de Deus, “o Salvador”. Ele concedeu uma entrevista para um canal africano, e afirmou que veio ao mundo para que as profecias escritas na Bíblia se tornem realidade.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do site Daily Post, o homem garante que será presidente da Nigéria, pois Deus deu uma missão: a de mudar o nome do país para “Nova Jerusalém”. Isaac foi questionado sobre a presidência da Nigéria, já que ele não é conhecido no mundo politico e nem é líder religioso, o que seria feito para liderar a República. Omowole apenas respondeu que Deus já tomou conta de tudo e que todos vão ver os milagres acontecerem.

Publicidade

Isaac contou que precisa levar sua mensagem ao mundo todo, pois existem milhões de cristãos aguardando a vinda dele para purificar a Terra. E que sua entrevista está marcada para ultrapassar bilhões de visualizações, assim, todos os seres humanos terão conhecimento da chegada de Cristo.

O homem, que se declara ser o Messias, possui bastantes seguidores na África e cita passagens bíblicas para justificar suas declarações.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Religião

Ele fala do livro de Apocalipse, capítulo 3, e pede para que todos se atentem a essa noticia, pois ele é Jesus que voltou para salvar a Terra novamente.

Quando questionado sobre as acusações de falso profeta, Isaac responde que existiram falsos Messias, mas que ele veio para revelar as promessas bíblicas e afirmar com muita segurança que é o filho de Deus, ”O Salvador do mundo”.

Os internautas fizeram diversos tipos de comentários, a maior parte são acusações de falsidade.

As pessoas estão dizendo que Omowolw é um aproveitador, pois abusa da fé de pobres fiéis africanos e não passa de um falso profeta.

Não é a primeira vez que surgem homens afirmando serem Jesus. O último caso que gerou tanta polêmica foi em 2015, quando um russo chamado Vissarion arrastou multidões de seguidores que o tratavam como Messias. Seus fiéis construíram sua própria comunidade e não usavam dinheiro, todo o alimento e vestes eram fruto de seu trabalho na terra e florestas.

Publicidade

Vissarion criou sua igreja e a nomeou de Igreja do Ultimo Testamento, que era uma mistura de Budismo e Monoteístas, além de criar um calendário no qual o mundo se iniciava no dia do seu nascimento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo