Semelhante a uma estrela do mar, o inusitado objeto achado a poucos metros de profundidade na praia de East Beach, no estado de Rhode Island (EUA), intriga moradores e profissionais do assunto.

De acordo com o jornal local The Westerly Sun, o instrumento composto por aço inoxidável e concreto, gera preocupação entre banhistas e surfistas. A apreensão deriva do fato deles usarem aquela área para praticar esportes aquáticos.

Peter Brockmann, que monitora a praia e preside a Associação de East Beach, acredita que o incomum objeto está a mais de um ano no mesmo lugar, resistindo às mudanças das marés, ondas e tempestades.

Publicidade
Publicidade

"Muitas pessoas têm curiosidade sobre isso, tentando descobrir o que é", fala Brockmann.

Curioso para desvendar a origem da peça, ele fotografou diferentes ângulos da estrutura e mostrou a especialistas, na esperança de solucionar o enigma.

Eric Donch, proprietário da empresa Stonington Harbour, especializada em eventos aquáticos e em empreendimentos de pesca comercial, frisou que o objeto não tem relação com qualquer tipo de atividade exercida por ele.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Brockmann também procurou um almirante da Marinha dos Estados Unidos (nome resguardado), afim de ouvir alguma explicação sobre a procedência do achado. Porém, nem mesmo o militar altamente graduado conseguiu identificá-lo.

Proprietários do parque eólico Block Island também acentuaram que a peça não tem relação com eles.

Até mesmo o jornalista Tony Gugliotta, da tradicional emissora NBC, publicou a ocorrência em seu perfil no Twitter, confira.

Publicidade

Possível origem

Apesar de sobrarem incertezas quanto a procedência do objeto, professores de oceanografia da Universidade de Rhode Island, dizem que a peça pode ser um dispositivo usado para monitorar as correntes marítimas e o fluxo de sedimentos durante projetos de dragagem.

Para os docentes, o equipamento, ou parte dele, pertence aos engenheiros do Exército dos EUA.

Todavia, a incógnita está longe do fim. Segundo a imprensa de Rhode Island, especialistas da região desconhecem atividades de dragagem onde o objeto está localizado.

Brockmann e membros da Associação de East Beach pretendem removê-lo em breve. Até lá, as especulações continuam.

Nos comentários do jornal, usuários ironizam a situação. Nem a Rússia, o presidente Donald Trump e os alienígenas escapam da brincadeira.

Publicidade

“A Rússia é a responsável”, acusa Jim Sminkey.

A ideia do envolvimento dos russos na fabricação do objeto ainda é reforçada por outro internauta. “Exatamente! Mais provas de colusão [conspiração] entre o presidente Trump e a Rússia!”, satiriza Chris Brown.

Para Mario Mattiace, habitante de Rhode Island, a estrutura veio de ‘outro mundo’. “Nave espacial alienígena”, brinca – confira na íntegra.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo