Joanne Gallagher, 39 anos, mãe da menina Aimee, 8, residente em Coatbridge (Escócia), acredita que o fantasma [VIDEO] de um jovem, que cometeu suicídio por enforcamento na casa onde mora atualmente, está a assombrar o local.

Em depoimento exclusivo ao jornal britânico Daily Mirror, nesta quarta-feira (30), a escocesa ressalta que o suposto espírito [VIDEO] deixou evidências de sua performance pela casa.

Ao limpar a residência, à espera da filha, que passou duas semanas com o pai durante as férias, em Lanzarote (Ilhas Canárias), ela observou intrigantes marcas de mãos na parede do quarto da criança.

Para Joanne, elas pertencem ao Fantasma de um rapaz que se enforcou nas escadas da moradia, pouco tempo antes dela mudar para lá.

Com objetivo de provar a ocorrência, ela fotografou os desenhos. Ainda disse que eles eram feitos de uma “substância negra empoeirada”. Apesar do susto, a escocesa revela ter tido experiências sobrenaturais em outras situações.

“Eu tive experiências passadas com espíritos. Suponho que algumas pessoas diriam que sou sensível aos espíritos”, declara.

“Manifestações do além”

Uma amiga de Joanne, que conhece os antigos proprietários da casa, revela que o filho dos moradores, com idade estimada em 20 anos, se enforcou embaixo das escadas.

A mulher, que diz ser sensível à presença de fantasmas, acredita sentir o falecido jovem pelo lar. Também acrescenta ter vivenciado outras atividades paranormais no lugar.

De acordo com ela, uns meses atrás, enquanto dormia tranquilamente, foi acordada por um Bizarro sussurro. A voz desconhecida dizia palavras desconexas, do tipo: “Múmia, mãe”.

Porém, por estar desacordada, pensou que o outro filho, adolescente, a tivesse chamado. Contudo, instantes depois ela sentiu uma indescritível pressão no ombro. Ainda descobriu que ele não tinha voltado da casa da namorada naquela noite.

Joanne também lembra outro evento assustador no quarto onde dorme. Conforme a escocesa, a filha Aimee, habituada a dormir com ela, acordou assustada, depois de afirmar ter visto “uma senhora de pé”.

A “alma penada” do sexo feminino, de acordo com a moradora, tem cabelos pretos e costuma espioná-los a partir das escadas. Outros fenômenos constatados pela família envolve um menino chamado Ben, que invade os sonhos da garota de 8 anos, assustando-a.

O filho adolescente também afirma escutar vozes fantasmagóricas pela casa.

‘’Meu filho também teve experiências com espíritos. Ele teve alguns acontecimentos lá. Uma vez que as luzes se apagaram, ele ouviu uma voz dizendo ’Shaun, estou aqui embaixo’’’, afirma.