Mais uma tragédia assusta o velho continente. Hoje, dia 17/08/2017, mais um atentado terrorista manchou de sangue as ruas de Barcelona.

Era um dia tranquilo, muitos turistas visitavam a belíssima cidade espanhola, Barcelona, quando começou uma terrível expressão de ódio ao próximo e horror. Uma van avançou contra os pedestres e os atropelou, dezenas de pessoas foram fortemente atingidas. Até agora estão confirmadas as mortes de treze pessoas e outras cinquenta estão feridas, algumas em estado grave, segundo fontes do governo regional da Catalunha.

Sempre que atos terroristas ocorrem, causam uma grande comoção em todo o mundo.

É impossível não sofrer junto com os parentes e amigos que perdem de forma trágica seus amigos, irmãos, mães e pais. Hoje o mundo é um lugar um pouco mais triste.

Papa mostra solidariedade

O Papa, maior autoridade do catolicismo, mostrou sua preocupação e solidariedade. O porta-voz do vaticano anunciou que ele está orando pelo povo espanhol, especialmente para os feridos e familiares dos acidentados.

É possível encontrar nas redes sociais muitas mensagens de amor e conforto, além de palavras de consolo. Todos muito tristes tentam diminuir a dor dos que perderam seus entes queridos enquanto tentam entender o que acontece com o mundo.

"Eu sou de Barcelona e não tenho medo".

Autoridades também se manifestam

Grandes autoridades políticas também mostraram preocupação com o fato ocorrido e tentam ver o que fazer para acabar com a praga do Terrorismo.

Vladmir Putin, por exemplo, convocou uma luta contra as forças do terror.

O que se sabe até o momento

Já sabemos até agora que o Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado terrorista. Mais uma vez esse grupo terrorista assusta o mundo e deixa a todos muito preocupados.

O governo espanhol também comunicou que duas pessoas foram presas, mas ainda não temos muitas informações sobre isso. Também não há informações confiáveis sobre a possibilidade de novos atentados em algum outro lugar do mundo.

Obama também mostra apoio

Outra autoridade que prestou solidariedade foi o ex-presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama. Ele afirmou que ele e sua esposa Michele estão profundamente tristes e disse que "os americanos sempre irão apoiar o povo espanhol".

O mundo todo chora por nossos irmãos na Espanha. Ainda não sabemos se há brasileiros [VIDEO] entre os feridos ou mortos no atentado. As embaixadas no mundo inteiro estão se movimentando e se colocando à disposição para auxiliar seus cidadãos.