Na semana passada, noticiamos que um jovem de 18 anos foi preso pela Polícia acusado de abusar sexualmente da própria irmã na frente de uma grande multidão. O incidente foi registrado em uma estação ferroviária da cidade de Nanjing, na China. Segundo informações da polícia, no momento que o acusado estava abundo da irmã adotiva, que tem menos de 14 anos [VIDEO], seus pais adotivos estavam ao lado e não fizeram nada para impedir a agressão sexual.

As fotos foram tiradas e divulgadas em redes sociais por uma mulher que estava próxima à família. De acordo com a polícia, a vítima foi retirada dos pais adotivos e foi levada para um local seguro.

Outro caso chocante aconteceu em uma sala de espera de um hospital, onde um homem abusa de uma menina na frente de várias pessoas.

Entenda o caso

Um homem foi preso pela polícia, na segunda-feira da semana passada (14), acusado de ter abusado sexualmente uma menina menor de idade. Os abusos aconteceram em um local público enquanto a vítima sentava sentada no colo do acusado na sala de espera de um hospital em Chongqing, na China.

Uma foto chocante postada pela testemunha que flagrou toda a cena mostra a vítima estava sentada no colo do homem mexendo em um telefone celular. O suspeito aproveitou a ocasião e coloca uma das mãos dentro do short da vítima [VIDEO]. De acordo com a pessoa que tirou a foto, a menina não demonstrou nenhuma reação diante da atitude do homem.

Imagens divulgadas em redes sociais chinesas logo se tornaram virais, causando uma grade revolta dos internautas.

De acordo com a polícia, assim que tomou conhecimentos dos fatos, os investigadores identificaram o suspeito. As autoridades revelaram que o homem que aparece nas imagens é Tio da menina e confessou ter cometido o crime, logo após ser preso.

Conforme informações do portal de notícias South China Morning Post, outro incidente de abuso infantil ocorreu há cerca de um mês, quando um estudante de 17 anos convidou dois menores para sua casa e obrigou-os a assistir à material adulto. O adolescente exigiu que uma garota de 6 anos tirasse as calças [VIDEO] quando ele estava assistindo filme erótico.

Segundo o portal, o estudante chinês se declarou culpado de quatro acusações de agressão indecente contra um garoto de 8 anos e uma menina de 6 anos. Com a taxa alarmante de casos de abuso sexual infantil que tem ocorrido no país, os internautas estão pedindo a castração e uma educação sexual melhor como soluções para o problema recorrente. O que você pode dizer sobre esses incidentes? Compartilhe suas opiniões na seção de comentários abaixo.