A vida pode ser uma caixinha de surpresa. Uma hora você está bem e na outra você está mal. Um caso noticiado pelo site Shanghaiist acabou repercutindo em todo o mundo. [VIDEO]Um homem começou a sentir muitas dores e teve que ir correndo ao médico. O homem [VIDEO]em questão disse que não estava nada bem e, não demorou muito, os médicos descobriram o que ele realmente estava passando. O jovem estava com algo em seu ânus, mas não soube explicar como tal objeto foi parar no local, no mínimo, inusitado.

Rapaz casado com copo no ânus precisa fazer cirurgia de emergência, na China

O caso teria acontecido na quinta-feira (31), na cidade de Guangzhou, na China.

O rapaz em questão não soube dizer como o copo estava em um local tão inusitado, mas, mesmo assim, os médicos foram muito profissionais e fizeram um cirurgia no paciente, que não teve o nome identificado. Uma informação curiosa acabou sendo dada pela mídia que cobriu o caso. O paciente já estava há pelo menos dois dias com o objeto, que seria de vidro, no seu orifício. As dores, no entanto, demoraram a aparecer, o que é mais estranho ainda.

Jovem grita de dor, após ficar dois dias com copo entalado no bumbum

A chegada do rapaz à unidade médica foi desesperadora. Já eram duas horas da madrugada, quando o paciente entrou no local gritando muito pelo que acontecia. O homem falava de dores no estômago e quando os especialistas foram ver o que era notaram que havia algo dentro dele. Diante dos fatos, a vítima foi submetida a um exame de raio-X, onde foi constatado um copo preso no ânus do homem.

Cirurgia para retirada de copo preso em ânus é complicada e exibe médicos competentes

O problema é que o copo entrou demais dentro do corpo do paciente e não saía mais. Até o raio-x da "obra de arte" do chinês foi divulgado pelo hospital. Uma das medidas adotadas pelos profissionais foi tentar fazer a retirada do copo da mesma maneira que esse teria entrado No entanto, o sacrifício parecia muito grande. Os profissionais foram "obrigados" a usar remédios que conseguiram deixar o orifício do paciente mais relaxado.

O copo então enfim foi visto pelos médicos, mas quando eles chegaram a ele não estava saindo, pois o objeto de vidro era escorregadio e, caso fizesse força o estrago poderia ser maior e tudo quebrar por ali mesmo. O medo era de que a quebra do objeto provocasse uma hemorragia. Os médicos decidiram então retirar o objeto pelo abdômen. Segundo informações o copo teria sete centímetros de diâmetro. O homem passa bem.