O mundo está totalmente digital e o vício de usar celulares está em todas as classes sociais e países do mundo. Algumas pessoas dão mais atenção ao celular, às redes sociais e aos aplicativos de conversação instantânea do que à própria família e amigos. Mesmo deixando as pessoas próximas um pouco irritadas, isso não é motivo para se agredir alguém, ainda mais quando esta pessoa é a própria esposa.

O caso aconteceu em Java, na Indonésia. Em depoimento à polícia local, o marido explicou que ficou extremamente irritado com a mulher por ela ter feito várias chamadas telefônicas e mandado muitas mensagens de texto enquanto ele estava supostamente trabalhando.

A mulher disse à polícia que o marido não era agressivo e que se assustou com o que aconteceu. Ela afirmou que mandou muitas mensagens e ligou várias vezes porque estava preocupada. Segunda a esposa, o agressor saiu de casa antes das 9 da manhã e só retornou para casa após as 2 da madrugada.

De acordo com o relato do agressor, ele chegou em casa de cabeça quente e a esposa começou a fazer muitas perguntas, eles discutiram e quando ela caiu no chão ele deu um chute em sua boca, quebrando dois dentes da frente da vítima. O mais incrível desta história é que a esposa ainda defendeu seu agressor e disse à polícia que mereceu por não ter sido uma boa esposa.

A agressão [VIDEO] aconteceu no dia 29 de agosto de madrugada e foram divulgadas no sábado (9) pela imprensa de Java. De acordo com o site de notícias World of Buzz, o marido ficou irritado com as perguntas que a esposa estava fazendo pelo WhatsApp.

A jovem, identificada apenas como Nem, perdeu os dois dentes da frente e tinha hematomas por todo o corpo, ocasionadas pela agressão física sofrida do marido.

Segundo relatos dos vizinhos, o casal parece viver em paz e nunca ouviram nenhuma briga entre eles. Porém, na madrugada do dia 29 de agosto, a mulher gritou muito pedindo por socorro enquanto era agredida. Por este motivo, a polícia local foi acionada e o homem foi preso e autuado em flagrante por agressão doméstica.

O homem prestou depoimento em uma delegacia local e relatou que a culpa era da esposa, porque ela dava mais atenção ao celular do que para a família. A esposa sem os dois dentes acompanhou o marido até a delegacia e preferiu não prestar queixa, ainda pediu desculpas aos policiais e ao marido.

“Eu fico muito só e uso o celular para ver vídeos no YouTube e ver as postagens no Facebook. Peço muitas desculpas ao meu esposo e a todos os envolvidos, acredito que eu não seja uma boa mulher para ele", disse a vítima. Mesmo preso em flagrante, o homem foi liberado porque a esposa não prestou queixa contra ele.