Antes de disparar tiros contra a multidão que estava no show country do festival “Route 91 Harvest”, em Las Vegas (EUA), o atirador identificado como Stephen Paddock, de 64 anos, fez a transferência de US$ 100 mil (equivalente a R$ 314 mil) para uma conta bancária aberta nas Filipinas, país onde nasceu sua namorada Marilou Danley, de 62 anos. O motivo da transação ainda não foi identificado, mas já está sendo investigado.

Marilou, que morava em solo americano, viajou para Hong Kong, no dia 25 de setembro e estava em seu país de origem quando seu namorado realizou o atentado em Las Vegas. Embora tenha sido detida e interrogada, seu envolvimento no massacre foi descartado.

Seu perfil no Facebook foi excluído.

Veja algumas histórias do massacre

Empolgada com seu novo emprego como enfermeira, a jovem Angie Gomes, 20 anos, estava comemorando ao som do country [VIDEO] a sua conquista. Atingida três vezes pelas balas disparadas por Paddock, sendo uma no braço e duas no ombro, foi levada nos braços do namorado na tentativa de socorrê-la. Porém, devido ao tumulto foram impossibilitados de chegarem a tempo no hospital.

Já Sandy Casey, 35, estava planejando seu casamento e iria visitar o local no final do mês juntamente com seu noivo, Willense, mas teve seu sonho interrompido durante o tiroteio. Willense chegou a colocar o dedo na ferida e tentou levá-la para fora do local, mas, infelizmente, Sandy que havia sido atingida nas costas, não resistiu ao ferimento.

Ao agarrar seu peito, Quinton Robbins, 20, fez sua namorada pensar que havia algum problema com níveis de açúcar devido à diabete.

Os melhores vídeos do dia

Mas ele havia sido atingido. Fã de Jason Aldean, músico country, Neysa Tonks, 46, foi morta durante a apresentação de seu ídolo.

Ataques com armas em 2017 nos EUA

Segundo a ONG Gun Violence Archive, o Ataque realizado por Paddock foi o 273º somente em 2017 nos Estados Unidos, equivalente a quase um incidente por dia, já que o dia em que ocorreu o atentado, 2 de outubro, foi o 275º dia do ano. Na definição de ataque em massa, o atentado em Las Vegas foi o 38º, já que, de acordo com definições do governo, esta classificação é dada para morte acima de três pessoas em um mesmo episódio.

Conforme um estudo completo da organização, com exceção dos suicídios, mais de 11,6 mil pessoas foram mortas por armas de fogo nos EUA, sendo que 23,5 mil ficaram feridas. Em função da tragédia em Las Vegas, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deu a entender que pretende retomar o debate sobre o controle de armas do país.