No mundo em que vivemos, todos os dias nos deparamos com os mais diversos tipos de acontecimentos, isso vai desde boas notícias as piores que se possa imaginar. Curiosidades, bizarrices, entretenimento, famosos, tecnologia, entre outros estão nos principais temas do momento. Porém, dentre tantos acontecimentos, alguns acamam nos surpreendendo de modo assustador.

Viúvo vai ao necrotério e flagra enfermeiro transando com cadáver da esposa

Mais um caso bizarro tem tomado conta da internet nesses últimos dias e tem gerado grande polêmica entre internautas de todo o mundo. O caso ocorreu na cidade de La Paz, capital da Bolívia, onde mostra um Enfermeiro praticando relações sexuais com um cadáver.

A cena chocou os internautas, mas quem ficou ainda mais abalado com o ocorrido foi o esposo da mulher que morreu, que acabou flagrando toda a ação. Tudo teria ocorrido quando o cadáver tinha sido encaminhado para necropsia, após o falecimento da vítima. A atitude do enfermeiro tem causado grande revolta nas redes sociais. Esse tipo de comportamento é popularmente conhecido como necrofilia, o ato de praticar relações sexual com cadáveres.

O fato chega a ser tão bizarro e nojento que houve pessoas que custaram a acreditar que de fato tudo teria realmente acontecido. O acusado, o enfermeiro Grover Macuchapi Calle, de 27 anos, se aproveitou do momento em que estava a sós com o cadáver e decidiu iniciar a prática do sexo. A vítima tinha falecido há menos de uma hora.

Diante disso, os médicos decidiram encaminhá-la para o necrotério.

O esposo da vítima ainda não tinha conhecimento da morte de sua esposa. Quando chegou à unidade hospitalar, foi notificado e entrou em desespero.

Ele perguntou onde estaria o corpo de sua esposa, pois queria fazer a última despedida. Ele se dirigiu ao necrotério. Ao entrar no local, acabou se deparando com a terrível cena, onde o enfermeiro estava praticando relações sexuais com a mulher.

Homem se revolta após ver cadáver da esposa sendo violentado sexualmente em necrotério

Calle sabia que o que estava praticando é totalmente errado. Ele acabou levando uma surra do esposo da vítima, que ao, pegá-lo em flagrante, partiu para cima com socos e pontapés. A cessão de espancamento só terminou após a chegada dos seguranças da unidade, que conseguiram controlar o agressor.

A polícia precisou conduzir os dois para a delegacia, onde relataram todo o ocorrido. O inusitado é que diante de tal situação, o enfermeiro acabou dizendo para o delegado que não se lembra de nada do que teria feito com o corpo da vítima, alegando estar em transe. Mesmo com a desculpa, Calle acabou sendo demitido da unidade onde trabalhava e poderá pegar vários anos de prisão.