Aos poucos a Índia vai mudando sua história, mas a tradição ainda é forte e o que acontecia há décadas atrás continua se repetindo até hoje. Uma lei já proíbe garotas menores de 18 anos de se casarem, só que muitas crianças ainda são obrigadas a largar sua infância para viver ao lado de um homem. Estas meninas não podem estudar, muito menos brincar, elas precisam limpar a casa do marido, fazer os deveres do lar e também manter relações sexuais com ele.

Publicidade
Publicidade

Só que nesta quarta-feira (11), a Suprema Corte da Índia decidiu que as atuais leis de estupro também serão válidas para as crianças que já estão casadas. Sendo assim, toda vez que uma menina for obrigada a ter relações sexuais, mesmo que já esteja casada, ela pode denunciar o marido por estupro.

Antes desta decisão, se a criança que fosse casada tivesse relações sexuais com o marido, não podia falar nada, mesmo que o sexo fosse forçado. Hoje, na Índia, a idade mínima para as mulheres casarem é 18 anos, mas basta ir a locais mais pobres, zonas rurais, para encontrar uma grande quantidade de meninas que foram obrigadas por seus próprios pais a assumirem o matrimônio.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Relacionamento

Na grande maioria das vezes, os pais entregam a criança para que ela se case com um homem para saírem da vida de miséria. Há ainda os casos das meninas que são vendidas e a partir daí, nunca mais são vistas por sua família. Estas crianças se casam e começam a ser abusadas sexualmente sem que ninguém saiba de nada, pois elas vivem 24 horas por dia ao lado do seu estuprador e com consentimento da sociedade.

Porém, agora, a polícia está obrigada a processar todos os homens casados com crianças quando eles a violentarem, denunciando-os por estupro matrimonial.

Publicidade

A garota menor de 18 anos, mesmo que esteja casada, pode ir pessoalmente a uma delegacia e registrar a denúncia, desde que o estupro tenha acontecido no prazo máximo de um ano.

O problema é que, apesar da lei agora existir, raras são as meninas e adolescentes que têm coragem de ir a uma delegacia denunciar o marido, justamente por temerem o que poderá acontecer com elas depois. O casamento infantil na Índia é proibido. Entretanto, é uma realidade comum em várias regiões.

As meninas se casam e engravidam ainda muito novas.

Especialistas concordam que este é um passo importante para a Índia, porém, está longe de resolver o problema do abuso sexual contra crianças. As leis precisariam ser mais duras e a proibição do Casamento infantil ser mais rigorosa. Na verdade, todo mundo sabe por lá que as meninas estão se casando, mas prefere fingir que nada está acontecendo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo