Zul Hanif Anip, um fotógrafo de 25 anos, da cidade malaia de Alor Setar, se encontrava tranquilo em seu quarto junto com a esposa, Puteri, na manhã de domingo quando ouviu ruídos estranhos no banheiro de sua casa. Achando que pudesse ser algum animal de pequeno porte ou algo do tipo, Anip dirigiu-se ao banheiro para checar o que estava acontecendo.

Ao chegar lá, ficou Chocado com o que viu: um animal imenso rastejando no chão: "Foi arrepiante. Saiu de dentro do sanitário", reportou Anip ao tabloide britânico The Sun.

Chocado com o que via, Anip buscou o celular e conseguiu filmar o momento exato em que o monstro saía de dentro do vaso sanitário.

Confira o vídeo publicado pelo homem em uma rede social:

Mas afinal, que animal era?

O animal de 2 metros de comprimento possuía uma cabeça muito pequena e um corpo curto e grosso. A princípio, desconfia-se que se trate de uma cobra que teria se criado na canalização, alimentando-se de águas de resíduos. No entanto, devido às proporções do corpo do animal, descarta-se que seja uma píton ou alguma cobra do tipo [VIDEO].

O homem ainda declarou: "Eu não tinha certeza se era uma serpente ou algum bicho do mar que tivesse vindo do pântano". Ao The Sun, o homem declarou não ter ideia de onde o animal surgiu, se teria entrado pela tubulação do esgoto ou se o acesso teria sido através da janela do banheiro que se encontrava aberta naquele dia.

Este não é o primeiro caso de animais que surgem em privadas

Em 2015, uma píton de 3 metros foi encontrada na cidade de Towsville, na Austrália.

Elliot Budd, um especialista em casos do tipo, declarou não acreditar que o animal tenha entrado na privada através da tubulação, mas, sim, através de alguma porta ou de uma janela deixada aberta.

No começo de 2017 foi a vez de uma família americana encontrar uma serpente dentro do vaso sanitário. Aconteceu no Texas. Quem encontrou o animal foi a dona da casa. Na ocasião, assustada com o que viu, a moradora golpeou a cobra com uma pá e a matou. O mais surpreendente deste caso é que, após encontrar a primeira cobra, a dona da casa localizou mais 23 cobras da mesma espécie depois de uma busca apurada.

Algumas precauções básicas para que isso não aconteça com você

Para que casos como esse não aconteçam com você é sempre recomendado deixar a tampa do vaso fechada. De acordo com especialistas, é mais comum do que parece o surgimento de animais estranhos em vasos sanitários. Grande parte destes animais entra nas casas através da tubulação.