Habitantes da cidade chinesa Zhangjiakou (província de Hebei) acreditam ter encontrado a hipotética ossada de um mitológico Dragão. Para eles, o inusitado esqueleto é a prova que faltava para atestar a veracidade da criatura [VIDEO].

Com cerca de 18 metros de comprimento, dois pequenos braços e o crânio com par de chifres, semelhante ao de uma vaca, o folclórico monstrengo gera excitação e desconfiança entre a imprensa internacional e os próprios chineses.

Relatado no portal de notícias da China Wukong, na segunda-feira (16), o avistamento do alegado dragão rapidamente ganhou destaque na tradicional imprensa estrangeira, sendo manchete de grandes periódicos, como, por exemplo, os britânicos Daily Mail e The Sun – confira abaixo.

Porém, se você está estranhando a falta das asas, comumente exibidas em imagens da criatura no Ocidente, saiba que na China os dragões tradicionais não as têm.

Conforme a mitologia oriental, eles deslizam no ar feito as cobras no chão. Contudo, como eles consegue voar, nem os chineses sabem explicar.

Gravado por dezenas de camponeses, o bizarro esqueleto foi cercado por curiosos de toda a região. Sem saber o que fazer com os hipotéticos restos da lendária entidade, aldeões supersticiosos admiraram o dragão, avaliado como autêntico.

“Os aldeões não sabem o que fazer com o esqueleto, mas alguns supersticiosos pareciam convencidos de que estavam realmente olhando os restos da criatura mítica”, comenta Liz Dunphy, jornalista do Daily Mail.

Fato ou Farsa?

Apesar das autoridades não comentarem o assunto, internautas disseram que os ossos parecem montados de forma proposital. Para eles, a falsa criatura faz parte de um filme, embora nenhum diretor ou ator tenha se manifestado.

Outros argumentaram que os ossos eram um tipo de obra de arte. Entretanto, o usuário identificado pelo pseudônimo ‘’Grandes animais herbívoros’’ divulgou a foto de um jornal onde um pretenso dragão foi fotografado na China, em 1934.

Ainda que os especialistas não tenham opinado a respeito, a ossada certamente não pertence a um dragão. Afinal, esses animais não existem.

Todavia, para uma obra de arte, a ossada cumpriu a função de atrair a curiosidade do público, da imprensa global e dos usuários da internet, que nesta terça-feira (17) repercutiram o episódio em diversos fóruns.

A seguir, confira algumas gravações da famigerada criatura cuspidora de fogo, sagrada em diversas crenças da cultura chinesa.