Sabemos que uma instituição de ensino é de fundamental importância na vida de qualquer pessoa, principalmente na das crianças. Quando um casal tem o seu primeiro filho e vê-lo crescer, logo passam a pensar em qual escola o colocarão para que possa aprender a ler e escrever, de modo que possa adquirir conhecimento e se preparar para um bom futuro.

Hoje, na grande maioria das escolas, além do ensino didático, professores também se dedicam a prestar assistência e conselhos para os alunos sobre o bem e o mal, o certo e o errado.

Publicidade
Publicidade

De fato, mesmo com tanta dedicação, ainda assim, nem todos conseguem praticar o que é ensinado, e volta e meia, podemos presenciar, através de vídeos na internet, alunos que acabam se envolvendo em brigas dentro da própria escola. O que foge do controle dos professores, que apenas lamentam cenas desse tipo.

Por outro lado, existem instituições de ensino que acabam deixando a desejar no comportamento de seus representantes. Foi o caso recentemente ocorrido nos Estados Unidos e que tem causado grande repercussão em diversas partes do mundo.

Sem autorização dos pais, escola toma atitude drástica contra criança e acaba causando polêmica

O caso tem repercutidos em várias partes do mundo, e no início desta semana acabou viralizando aqui no Brasil.

Uma menina de apenas sete anos de idade acabou tendo seus Cabelos raspados dentro da instituição de ensino. O que mais tem chamado a atenção neste caso é que em nenhum momento houve autorização dos pais da criança para tal feito.

O caso foi registrado em um colégio de Massachusetts, nos Estados Unidos. A mãe da garota, Denise Robinson, ficou completamente abalada ao ver a sua filha sem os cabelos. Ela acabou confessando em uma entrevista local que não tinha conhecimento do ocorrido com a sua filha e ao chegar no colégio para buscá-la acabou se deparando com a triste cena.

Publicidade

“Elas fizeram isso sem a minha autorização”, disse Denise.

Revoltada com tudo o que aconteceu, ela usou as redes sociais para expressar tamanha indignação. Ela disse que a única explicação que recebeu do colégio foi que tal atitude foi tomada por questões de higiene, e por isso acreditavam que não seria necessário comunicá-la. Para alguns, a atitude foi plausível, porém, a verdade é que tal prática acabou sendo equivocada, pois, antes de tudo, deveria haver um comunicado para a família da garota, o que não aconteceu.

A mãe da garotinha foi convidada a dar uma entrevista ao jornal “NECN”, em que afirmou ter sido violada, juntamente com a sua filha. Ela foi questionada a responder sobre a alegação da instituição, que afirmou que tal atitude foi tomada mediante a situações de higiene. Porém, ela disse que de modo algum sua filha estaria fora dos padrões de higiene com o seu cabelo, pois estavam lavados e amarrados em duas tranças e não havia nada de errado.

O incidente acabou causando grande tumulto, principalmente na vida da mãe da garota, que chegou a ser acusada de não cuidar da higiene de sua filha.

Muitas foram as pessoas que comentaram o ocorrido.

Publicidade

Qual a sua opinião sobre o assunto? O que faria estando no lugar dessa mãe? Deixe seu comentário abaixo.

Leia tudo