Muitas pessoas reclamam que encontrar um parceiro ou parceira que queira um Relacionamento saudável e duradouro está cada vez mais difícil. Alguns, por viverem experiências frustrantes em outros relacionamentos, acabam ficando com medo de se entregarem a um novo amor. Uma das principais preocupações dessas pessoas é o medo de serem traídas. Muitas acabam não aceitando a traição do(a) parceiro(a) e na hora da fúria acaba agindo por impulso.

Um caso que exemplifica bem o que está sendo dito aconteceu na Inglaterra.

Publicidade

A britânica Monika Fourie, de 34 anos, flagrou o marido, Wouter Fourie, de 36, com a amante e acabou se vingando da pior maneira possível. O caso aconteceu em 2015, no entanto, a história está ganhando nova repercussão com o julgamento da mulher.

Os jornais britânicos contam que Fourie já estava desconfiada da traição do marido. Na maioria das vezes que seu celular tocava, ele atendia de maneira discreta para não dar sinais que estava traindo. Até que um dia ele abriu o jogo com a mulher e disse que estava tendo um caso extraconjugal.

Os dois conversaram e chegaram à conclusão que estava na hora de se separarem. De início, Monika aceitou bem a possibilidade de divórcio, mas acabou se descontrolando ao ver a amante, Hannah Stokes, ao lado do marido.

Após se acertarem sobre a separação, a mulher pegou algumas peças de roupas e foi dormir na casa de uma amiga. No entanto, quando retornou no dia seguinte flagrou a amante mantendo relações sexuais com o marido no sofá. Com frieza, ela se foi até a cozinha e disse que iria preparar um chá para se acalmar e conversarem.

Publicidade

Assim que a água ferveu, ela se encaminhou para a sala e pediu que o marido se retirasse. “Quero conversar a sós com ela. Não se preocupe. Não vou fazer nada com sua namorada”, disse Monika ao marido.

Sem desconfiar de nada, o marido subiu as escadas. Passado alguns segundos, ele ouviu os gritos de desespero da amante. Quando ele se aproximou, a esposa havia jogado toda água quente no rosto da amante e estava arrastando-a pelos cabelos. Devido às queimaduras, a amante sofreu lesões na pele e no olho.

Além disso, quebrou um copo de vidro no rosto da mulher.

A mulher foi presa dois dias após o ataque. Ela chegou a ficar presa durante um tempo, porém, foi solta. Agora, em um novo julgamento, Monika Fourie pode pegar uma pena pesada. Especula-se que pode chegar até 15 anos de cadeia.

Mesmo Wouter testemunhando que a esposa agiu com frieza, ela insiste em dizer que nada foi premeditado. Durante o julgamento, ela chegou a dizer que tudo não passou de um mal-entendido. Hannah ficou com o rosto deformado, além de perder a visão do olho esquerdo e perder completamente a audição.

Publicidade