A morte pode ser algo que muitas pessoas não compreendam, e cedo ou tarde ela baterá a sua porta. Na maioria das vezes, não podemos prever quando algo terrível acontecerá com alguém, e em alguns casos, motivos inusitados podem levar a morte de alguém.

É o que aconteceu com uma jovem inglesa que morreu instantes depois de dar ‘’bom dia’’ ao pai após acordar pela manhã. Nainika Kiko morreu após ingerir um alimento que ela tinha alergia e não sabia [VIDEO], fazendo com que o seu pai se sentisse culpado pela morte prematura da filha.

Alergia matou menina que comeu panqueca no café da manhã

Como muitas pessoas dizem por aí, a ordem natural da vida é que filhos enterrem os pais, sendo esta afirmação justificada pelo avanço da idade que chega para qualquer um.

Pais que tiveram o infortúnio de perderem os seus filhos sentem-se desconsolados quando essa ordem não acontece. A dor de perder um filho se estende por muitos anos e parece não ter fim, como deve ser o que está se passando na cabeça do pai de Nainika.

Pai de Nainika a matou sem querer e ficou aterrorizado ao vê-la estava sofrendo ataque alérgico

A morte da jovem foi noticiada em primeira mão pelo Daily Mail, um jornal britânico. Nainika nasceu em Londres, na Inglaterra, e perdeu a sua vida após comer panquecas feitas por seu pai no café da manhã. [VIDEO] As últimas palavras da jovem para seu pai foram ‘‘bom dia’’. Logo após dar uma mordida no alimento, Nainika começou a passar muito mal, sendo socorrida imediatamente. Os pais da criança não sabiam que ela tinha alergia à Panquecas, e descobriram isso da pior forma possível, após perderem a filha, que não resistiu as complicações causadas pela alergia.

O que aconteceu com a criança é a realidade de milhares de pessoas que possuem tolerância a certos tipos de alimentos e substâncias. Enquanto muitos podem comer qualquer coisa que não passarão mal, outros podem correr risco de vida caso ingerem algum tipo de substância nociva a saúde de um alérgico.

A criança sofreu um ataque anafilático após comer a panqueca feita pelo pai e acabou não resistindo. Segundo os pais de Nainika, a menina tinha várias alergias, mas não imaginavam que ela seria alérgica a panquecas. A criança chegou a ficar internada por cinco dias, após ser socorrida.

Foram os pais que decidiram sobre desligar os aparelhos que mantinham a menina ainda viva no hospital. Após tanto sofrimento e nenhum sinal de melhora, os pais de Nainika tomaram uma decisão que fez com que a criança deixasse de sofrer após ter um ataque alérgico comendo panqueca.