Às vezes, uma ida à beira mar pode resultar em achados inusitados. Por exemplo, carcaças de baleias ou tartarugas, além de peixes esquisitos e águas vivas monstruosas são observadas com frequência em praias [VIDEO] de todo o mundo.

Porém, ao passear na praia de Brean, em Somerset (Inglaterra [VIDEO]), na companhia da cadela Molly (raça Basset Hound), Julie Edwards foi surpreendida pela bizarra cena do animal segurando pênis e testículos na boca. Eles estavam intactos.

Inicialmente ela pensou se tratar de um pássaro morto, contudo, ao notar os pretensos órgãos sexuais masculinos na boca da cadela, Julie ficou horrorizada.

Noticiado pelo jornal local Somerset Live, em 2 de outubro, o caso aconteceu durante o período matutino de 25 de setembro. Tradicionais periódicos da Inglaterra como o Daily Mail, The Sun, Mirror entre outros, também repercutiram o assunto – confira as manchetes.

Assustada e sem saber o que fazer com o sinistro achado, ela contatou o diretor da praia.

Rapidamente ele informou a descoberta à polícia de Somerset.

“Definitivamente me pareceu humano. Eu acho que era um pênis intacto e testículos masculinos. Foi mais perturbador depois, quando você realmente pensa que isso pode ser o parente de alguém”, declara a garota ao Somerset.

Embora a britânica acredita se tratar de órgãos sexuais humanos, autoridades estão reticentes quanto a identidade da descoberta. Em 29 de setembro a polícia ainda não havia identificado o achado.

No entanto, o porta-voz da entidade demonstrou ceticismo com relação a hipótese de o material encontrado ser pênis e testículos humano. “Primeiro nos foi informado como uma parte do corpo, mas as investigações revelaram que talvez não seja uma parte do corpo humano”, disse o policial.

Apesar do pênis e testículos em bom estado de conservação, como o notado em Brean, serem facilmente identificados, a polícia de Somerset acredita no contrário. Para eles, a conclusão definitiva da descoberta pode demorar.

"Pode ser outro animal, ou mesmo um mineral.

Levará tempo para descobrir o que é exatamente", avalia o porta-voz.

Um empresário local, que não quis ter o nome exposto, demonstra aflição com o caso. Para ele, é angustiante pensar que os órgãos pertencem a um homem morto.

De acordo com os residentes, os objetos mais estranhos achados na praia de Brean foram bombas da Segunda Guerra Mundial. Ao que parece, o lugar acaba de quebrar o recorde de esquisitices.