A Catalunha [VIDEO]declarou-se independente da Espanha na noite deste domingo (1), após uma votação história pelo separatismo da região. Até às 19h, no horário de Brasília, alguns sites falavam em mais de 850 feridos durante manifestações que foram reprimidas pela polícia espanhola. Os confrontos seguiram ao longo de todo o o dia e o jogador Piqué, Zagueiro do Barcelona, virou uma espécie de garoto propaganda pela campanha de independência. Ele emocionou o mundo ao falar sobre a importância desse momento.

Zagueiro Piqué comenta violência e separatismo da Catalunha da Espanha

Piqué é um dos maiores zagueiros do mundo. Marido de Shakira, ele falou a respeito do assunto nesse domingo.

Piqué jogou pelo Barcelona, mas devido à violência que ocorria do lado de fora, o jogo teve que ser realizado com portas fechadas. Piqué ficou muito emocionado ao declarar informações a respeito do assunto. Os confrontos foram realmente muitos e impressionaram milhares de pessoas.

Piqué defende independência e pode ficar fora da seleção da Espanha

Piqué é muito importante na luta pela independência do país, justamente porque ele é uma das pessoas mais famosas agora do novo país. Para virar país efetivamente, a Catalunha ainda precisa da sanções de outros países do mundo. A Espanha diz que as eleições foram ilegais. Como Piqué é catalão, ele pode ser retirado da seleção espanhola. Até mesmo a situação do Barcelona, que joga no Campeonato espanhol, pode ficar complicada.

Piqué ficou muito emocionado ao falar sobre o assunto.

Os melhores vídeos do dia

Ele comparou a violência que aconteceu no país com a ditadura nas décadas de 1930 e 1970. No período ditatorial, milhares de pessoas acabaram falecendo.

Piqué defende democracia, após votação declarar separação da Catalunha

De acordo com Piqué, a mensagem que ele envia é que a democracia permite que se vote sim ou não. O resultado pode ser bom ou ruim, mas se vota e isso é muito importante e é um direito do povo. Segundo o jogador do Barcelona, ele é e se sente Catalão, mais do que espanhol e isso era o que importava naquele instante tão importante para o novo país. Chorando, ele criticou a ação da Polícia Nacional da Espanha.

"- Se o treinador (Julian Lopetegui) e a Federação Espanhola acharem que sou um problema, não tenho nenhum problema em dar um passo ao lado e deixar a seleção antes de (Copa do Mundo de) 2018", disse ele ao falar sobre a situação difícil no futebol.

Veja abaixo o vídeo que mostra a declaração do marido de Shakira sobre a independência da Catalunha.