O site My Joy Online divulgou, nessa terça-feira (10), um acontecimento bastante inusitado [VIDEO] e que tem sido o motivo de mais uma polêmica em Gana. Um advogado se pronunciou afirmando que mulheres que gemem em alto som quando estão em ralações sexuais com seus parceiros estão cometendo um crime e essa prática deve ser punida com prisão.

O advogado Maurice Ampaw reside na cidade de Acra, onde é popular entre as pessoas da região. Ele tem como plano alcançar a presidência do país no ano de 2024. Ainda conforme o site, o advogado explicou que quem geme alto na prática do sexo está violando os direitos das outras pessoas e a prática deve ser interrompida.

“Quando presenciamos uma relação sexual, onde a mulher passa a gemer muito alto, não conseguimos dormir. Então, em uma residência onde existam pessoas dentro ou próximo que acabam sendo afetadas com o barulho, elas, certa forma, estão tendo relações sexuais junto com o casal, pois não conseguem dormi”, explicou.

O advogado acredita fielmente que tal prática infringe o direito a privacidade de cada cidadão. “Eu costumo chamar o ato de incômodo sexual. Tudo que é barulhento, tudo que traz desconforto é uma forma de incômodo”, concluiu o advogado.

Advogado causa polêmica ao afirmar que sexo com barulho deve ser crime

Ainda conforme o advogado, nos dias de hoje, facilmente se presencia, ao passar em algumas ruas, um casal dentro de suas residências ou hotéis fazendo sexo e o barulho sendo ouvido a metros de distância.

Os melhores vídeos do dia

Após desabafar sobre sua opinião, o advogado ainda aproveitou para dar algumas dicas para os casais que têm por costume fazer sexo com muito barulho. Ele explica que se deve ter autocontrole, pois cada ser humano possui essa capacidade. “Aqueles que não fazem é porque gostam da bagunça”, afirmou.

Ele contou em uma ocasião, quando ele estava hospedado em um hotel, um casal acabou se hospedando no quarto ao lado do seu. Naquele dia, ele passou a noite em claros, pois não conseguiu dormi até que o casal terminasse as relações sexuais, que era absurdamente em alto som. Ele contou que só conseguiu dormi às 5h da manhã, mas teria que estar de pé às 7h para dar início ao trabalho.

“Se o casal gosta, eu compreendo e respeito, mas não venha inferir nos meus direitos. Estás mais do que na hora de colocarmos o fim nesta situação”, afirmou. [VIDEO]

Internautas ficam abismados com declaração de advogado ao falar sobre sexo barulhento

Não demorou muito para o caso ganhar as mídias sociais do país. Internautas compartilharam a foto do advogado juntamente com algumas de suas afirmações, o que se tornou viral em poucas horas.