Um casal britânico causou indignação durante a cerimônia de seu Casamento, na Grécia. De forma inesperada, esse casal resolveu tirar uma foto bem diferente e nada comum. Na imagem, eles parecem simular um ato sexual, em que a mulher aparece de joelhos e o homem com sua roupa pelos tornozelos e com os braços no ar. A imagem correu o mundo, por ser tão bizarra e deixou a família dos noivos [VIDEO]horrorizada. No entanto, quem ficou pior foi mesmo a igreja grega, que até está cancelando outros casamentos agendados após todo o embaraço.

Uma situação inacreditável a que esses noivos britânicos foram provocar. Eles fizeram essa foto na frente de um mosteiro no dia do casamento e, como retaliação, a igreja está agora banindo todos os casamentos estrangeiros no local.

No centro da polêmica esteve a referida foto de Matthew Lunn e Carly, ajoelhada em seu vestido branco.

Ele é motorista de caminhão de reboque e tem 27 anos, enquanto que Carly tem 34 anos e trabalha em uma loja. Juntos decidiram fazer essa foto para mostrar seu sentido de humor único em seu álbum de casamento, mas seu avô não conseguiu ver o lado divertido, dizendo ao jornal Daily Mail: "Estou com desgosto".

A foto foi tirada por um dos membros da família de Matthew e foi postada no Facebook, se tornando imediatamente viral. Entretanto, o principal bispo da ilha de Kyrillos de Rhodes decidiu proibir todos os casamentos estrangeiros no Mosteiro de São Paulo, forçando centenas de casais britânicos a cancelar seu dia de sonho.

Giorgos Eleftheriou, presidente da comunidade local de Lindos, em Rhodes, disse ao jornal The Times: "Nós somos gregos e apreciamos nossas tradições e a santidade de nossos sítios religiosos.

Os melhores vídeos do dia

Não podemos permitir que esse comportamento desagradável vença. Eu tenho centenas de noivas em breve da Grã-Bretanha e em todo o mundo me ligando hoje em lágrimas por causa dessa decisão. Sinto vergonha naqueles dois pelo dano que eles fizeram".

No entanto, para os gregos, o problema não é exclusivamente o religioso, mas também a falta de respeito desse casal por toda a comunidade grega, levando Giorgos a perguntar se eles teriam feito o mesmo na Inglaterra: "Seria igual na frente de uma capela britânica, em um templo judeu, em uma mesquita muçulmana? Eles teriam sido decapitados pelos muçulmanos".

Após o casamento de 25 de setembro, Carly disse que sempre planejaram fazer essa foto. Porém, eles nunca imaginaram que isso se tornaria viral. "Foi algo que dissemos que faríamos como uma brincadeira. Nós esperávamos muitas risadas e piadas de pessoas, mas não esperávamos que fosse tão popular quanto isso", disse a noiva, envolvida nesse caso polêmico.

Porém, nem tudo está sendo uma risada e centenas de casais britânicos estão deixando sua fúria contra esse casal.

"Estou absolutamente devastada porque esses idiotas tenham minado o casamento dos meus sonhos. Temos 52 convidados provenientes do Reino Unido e reservamos para ficar por uma semana. Nós gastamos cerca de 40 mil libras [R$ 189 mil] nesse casamento", disse Suzanne Sparkles, de Lancashire.