Desde o início dos anos 2000, histórias de viajantes do tempo pipocam na internet. O personagem mais popular, John Titor, do ano 2036, por exemplo, até hoje coleciona milhares de fãs - apesar de provavelmente ser apenas uma pessoa comum.

Recentemente, um japonês autoproclamado Viajante do Tempo, do ano 2062, repercutiu na imprensa internacional, ao afirmar em fóruns da web, que havia chegado ao Japão em 2010 com objetivo de alertar os habitantes sobre futuras catástrofes naturais.

Conforme conspirólogos, ele permaneceu em nossa linha temporal até 30 de agosto de 2016. Porém, ao contrário do misterioso John Titor, o nipônico mostrou a foto de seu rosto - confira abaixo.

Agora, um homem detido pela polícia por volta das 22h30 de segunda-feira (2), no município de Casper (Wyoming , EUA), é o mais recente viajante do tempo.

Embora não haja muitos detalhes das circunstâncias da prisão, a rádio Wyoming's Radio Station informou que Bryant Johnson, 27 anos, estava assustando pessoas em uma casa na rua East 2nd Street.

Ele afirmava ter vindo do futuro, mais precisamente do ano 2048, para alertar os habitantes de Casper sobre uma iminente invasão alienígena no próximo ano.

O assunto foi noticiado na imprensa tradicional dos Estados Unidos e do Reino Unido – confira as manchetes.

Apesar da polícia não informar se Johnson morava na residência ou como ele foi parar lá, autoridades destacaram que ele assustou as pessoas da casa.Ele também fez imposições sem nexo, como a de exigir a presença do presidente de Casper, afim de avisá-lo sobre a futura invasão extraterrestre.

O problema é que o cargo de ‘presidente municipal´ não existe, ao menos na nossa linha temporal.

Indagado como ele viajou do ano 2048 para o nosso presente, o sujeito apresentou uma explicação bizarra. Disse que os aliens envolveram seu corpo em álcool e o colocaram dentro de um bloco gigante que o transportou até 2017.

Ainda acrescentou que ele estava na data errada, ao salientar que a viagem era programada para o ano de 2018. Portanto, a suposta invasão alienígena, na concepção do atrapalhado viajante do tempo, acontecerá em 2019.

Ainda que outras particularidades sobre o sujeito, como a profissão que exerce, se ele mora na cidade, se tem família etc, continuem desconhecidas, um fato é considerado verdadeiro pelas autoridades: a parte do álcool.

Segundo a polícia o homem estava bêbado. O cheiro de álcool era sentido a distância e o teor alcoólico detectado no sangue era de 0,136. Ele foi detido por intoxicação pública.

Tudo indica que passado o delírio etílico, o rapaz terá uma dolorosa ressaca moral. Afinal, que jogue a primeira pedra quem nunca teve uma ‘ressaca de outro mundo’.