Ele foi preso e disse para os policiais que cometeu abusou sexualmente de uma galinha de seu vizinho porque já não tinha mais esperanças de se relacionar com alguma mulher. O jovem, que tem 14 anos, contou que fez algumas tentativas para namorar com alguém do sexo oposto.

No entanto, suas tentativas acabaram sendo todas frustradas. Dessa forma, ele tomou a decisão de fazer algo desesperado. O adolescente planejou entrar no galinheiro do seu vizinho sem ser percebido para roubar uma de suas galinhas, não para fazer uma fritada da ave, mas, sim, para abusar sexualmente dela. [VIDEO]

O caso aconteceu no Paquistão, na cidade de Jalalpur Bhattian, De acordo com o jornal português “Correio da Manhã”, na delegacia, o dono da galinha levou duas testemunhas que falaram sobre o acontecimento.

Em seguida, os policiais também analisaram os exames médicos feitos na ave, que comprovaram que o animal acabou sofrendo abusos sexuais [VIDEO].

O corpo da ave apresentou várias lesões. O fato comprovou que houve a tentativa. Até o momento não se sabe se garoto chegou as vias de fato. No entanto, a ave ficou toda machucada e o seu dono exige justiça. [VIDEO]

De acordo com as autoridades locais de Jalalpur Bhattian, o crime aconteceu na semana passada e abalou o dono da ave, que cria os animais dignamente e as vende para se manter e também própria família financeiramente.

Jovem surpreende e diz que abusou da ave porque as mulheres não o querem

O adolescente de 14 anos contou a sua versão para as autoridades locais. Emocionado, reclamou que já tentou encontrar uma jovem para namorar, mas sempre leva um ‘’não’’’.

O jovem, em seu relato, disse para os policiais que tomou uma atitude desesperada. Ele procurou saber como é o funcionamento diário do galpão onde as aves eram criadas. Aguardou o momento melhor, onde os funcionários não estariam, entrou no local, pegou uma das galinhas e saiu sorrateiramente, sem ser percebido pelo dono do local.

No entanto, o jovem não percebeu, mas ele estava sendo visto por duas pessoas no momento do roubo. Elas foram até o dono do galinheiro e fizeram a denúncia. O proprietário da galinha, que também sentiu falta da ave, foi até a delegacia, fez a denúncia e falou sobre o principal suspeito, que acabou sendo procurado pela polícia.

Depois de alguma pressão, o adolescente acabou confessando que roubou a ave, não como o intuito de vendê-la ou colocar na panela, mas, de acordo com as autoridades, para se satisfazer sexualmente.