Se engana quem pensa que as polêmicas envolvendo políticos ocorrem apenas no Brasil. Dentre os assuntos mais polêmicos aqui em nosso país, os deputados Jean Willis e Jair Bolsonaro lideram, pois ambos já protagonizaram grandes confusões, na sua maioria por conta do tema LGBT, que é defendido com unhas e dentes por Jean Willis e não muito apoiado por Jair Bolsonaro.

Desta vez, a polêmica ficou por conta de um deputado dos Estados Unidos. Wes Goodman, de 33 anos, teve sua carreira política arruinada após ter um vídeo íntimo divulgado nas redes sociais. O parlamentar se relacionava sexualmente com um outro rapaz que não teve os dados revelados.

Diante de tal escândalo, o deputado decidiu abrir mão do seu cargo.

O site “Columbus Dispatch” divulgou a notícia, que em poucas horas acabou se tornando viral em vários países, inclusive aqui no Brasil, através do jornal Extra [VIDEO].

Deputado da 'família cristã' é flagrado com outro homem e deixa todos chocados

Por ser um deputado que tinha como princípios o zelo pela família tradicional, a notícia sobre sua relação com outro homem acabou se tornando ainda mais vexaminosa, de modo que movimentou uma grande massa das redes sociais [VIDEO].

Ele era visto na grande maioria dos seus discursos, com depoimentos e comentários em desfavor do casamento homossexual. A nova descoberta choca, pois o deputado é um homem casado com uma mulher e se associava diretamente às leis do cristianismo. Ele também era muito criticado por casais de homossexuais, que não eram de acordo com as críticas do político.

A descoberta veio à tona após um homem que teria ido até o gabinete do deputado e percebeu um barulho estranho, quando se deparou com o parlamentar em relação com outro homem. Desde então, a carreira de Wes Goodman, praticamente chegou ao fim.

Político que lutava pela família tradicional sai do armário e tem carreira política arruinada

Wes acabou ficando encurralado em meio a tantos comentários na mídia e nas redes sociais. Sendo um representando do legislativo no estado de Ohio, ele decidiu renunciar ao cargo.

A informação é que antes da decisão, ele teria se reunido com representantes do partido que o apoiaram na renúncia, pois seu comportamento teria sido inapropriado, pois o mesmo foi flagrado dentro do espaço público.

O homem que foi flagrado com o deputado não teve a identificação revelada, porém, sabe-se que o mesmo não pertencia a carreira política, nem ao menos ao quadro de funcionários públicos do estado.

Mas você, qual a sua opinião sobre o ocorrido? Deixe seu comentário abaixo.