A ciência [VIDEO] admite a possibilidade de viajar no espaço-tempo, no entanto, ressalta não haver tecnologia para isso, ainda. Contudo, desde o início dos anos 2000, a partir da popularização da internet, pessoas surgiram online alegando essa façanha. O mais famoso, um homem chamado John Titor, inaugurou a bizarra [VIDEO] modalidade em 2 de novembro daquele ano, ao afirmar ter viajado do ano 2036 para nos alertar sobre uma futura guerra nuclear.

Devido a repercussão, o suposto viajante foi destaque em reportagem produzida pelo prestigiado jornal britânico The Telegraph, em 2015 – veja abaixo.

Agora, um jovem chamado ‘Noah’, alegar ser viajante do tempo.Em vídeo enviado ao canal Paranormal Elite (Youtube), na sexta-feira (17), ele aparece com o rosto borrado e diz ter vindo do ano 2030 e estar escondido num país da América do Sul.

O sujeito faz questão de dramatizar a situação, ao ressaltar que usa nome falso por medo de ser assassinado pelas revelações do futuro. Contudo, as ‘bombásticas’ declarações se resumem a reeleição de Donald Trump em 2020, a propagação da Inteligência Artificial (IA) e a disseminação de uma tecnologia semelhante aos óculos do Google, entre outros detalhes.

Com entonação vocal aparentando nervosismo e confusão, ele olha para a câmera e afirma que não deseja “enganar ninguém”. Também alega ter o objetivo de provar às pessoas que a viagem no tempo existe. “Na verdade eu, eu mesmo, sou um viajante do tempo”, admite. O caso repercute amplamente na tradicional imprensa europeia – confira as principais manchetes.

Os melhores vídeos do dia

Revelações

Segundo o aventureiro, a tecnologia foi desenvolvida em 2003 e é usada por ‘organizações ultrassecretas’. Porém, será pública daqui a alguns anos, em 2028. Noah também revela ter sequelas das viagens no tempo. Embora não explique detalhes do processo, admite ter adquirido transtorno alimentar e mental: anorexia e depressão.

Além disso, no decorrer do filme, ele chora e demonstra desespero ao continuar com as confissões. Outra informação embaraçosa diz respeito a idade dele. Conforme Noah, ele tem 50 anos. Entretanto, faz uso de uma droga rejuvenescedora que o deixa com aparência de 25.

Apesar de viver em 2030, o rapaz, que chegou à nossa 'linha temporal' em 13 de novembro, diz estar habituado a existir em 2021 – sua época preferida.

“Meu ano natural é 2021. É o período de tempo em que eu gasto a maior parte da minha vida, esse é o período de tempo ao qual pertenço", revela.

O ‘ viajante maluco’ ainda destaca que daqui a 4 anos carros elétricos percorrerão a distância de 965 quilômetros com apenas uma única recarga. Também aconselha os investidores a injetar dinheiro em projetos relacionados à energia sustentável.

Em 2021, segundo Noah, a IA será popular. Um dispositivo semelhante aos óculos Google, mas com a mesma capacidade de processamento dos computadores de hoje, será adquirido pela maioria das pessoas.

A reeleição de Donald Trump em 2020, talvez seja a declaração mais perturbadora. “Posso dizer isso com 100 por cento de certeza", anuncia.

Após alguns minutos de depoimento ele se despede, sem comentar a respeito da máquina usada na viagem. O homem também recebeu a quantia de 700 dólares da equipe Paranormal Elite, para sobreviver no nosso tempo.

Provavelmente ele seja um doente mental. Ou não. Afinal, quem sabe?