No geral, relações entre pais e filhos costumam ser boas. Atingir a solidariedade em família é uma tarefa comum. No entanto, uma mãe de Osaka, no Japão, mostrou-se ser bem cruel e o que fez lembra até mesmo os tristes filmes de terror, que assombram todo o mundo. Na terça-feira (21), por exemplo, ela teve o seu crime descoberto, após não aguentar mais esconder um grande segredo, que já guardava por cerca de 20 anos.

Chorando, ela solicitou aos policiais que fosse presa.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

A mulher então contou como matou quatro dos seus pequenos filhos e o relato que os agentes da lei ouviram foi realmente macabro, assustador. Certamente, eles não vão esquecer isso tão cedo. [VIDEO]

Mulher conta como matou os filhos e assusta ao contar relato de assassinato de suas crianças

A mulher já escondia esse segredo por muito tempo e entender o que se sucedia em sua vida não era uma tarefa simples.

Ao todo, a criminosa, que não teve o nome identificado, teria matado quatro dos seus seis filhos. Ela ainda fez questão de colocar eles em uma espécie de cubo de concreto, fazendo com que muita coisa ficasse escondida por anos.

De acordo com a assassina, tudo aconteceu no momento em que ela tentava se refazer na vida. Cada morte aconteceu justamente quando seus filhos eram recém-nascidos. Bastava eles nascerem para que a mulher tomasse o posicionamento macabro em sua vida.

Mulher vai à delegacia e conta que assassinou os próprios filhos: 'Me prendam'

A mulher contou que inicialmente cada gravidez era vista como uma grande tormenta em sua vida. Ela revelou ainda que queria que as crianças tivessem um grande sofrimento e que, por isso, tomou a empreitada que mudaria sua vida. Os japoneses ficaram revoltados com tanto relato de ódio de uma mãe para com seus filhos.

A demora na mulher em se arrepender também fugiu ao normal. Muita gente não entendeu como uma mulher era capaz de fazer tamanha maldade com crianças indefesas, que mal haviam chegado ao mundo.

Detalhes da morte de bebês cimentados escandaliza o planeta

Ainda em seu depoimento, a mulher disse que teria dado à luz entre o ano de 1992 e 1997. Ela os enterrou no quintal da sua própria residência e não teve medo do que iria acontecer com ela. Se não fosse a confissão, ninguém saberia do crime, provavelmente até a sua morte.

A informação foi repassada às mídias locais, de modo que a mulher acabou se tornando o novo assunto envolvendo barbaridades. A polícia, mais tarde, encontrou os cubos onde os bebês foram enterrados.