Segundo informações disponibilizadas pelo site Mail Online, uma atriz de Taiwan gerou muita polêmica [VIDEO] on-line por causa de uma fantasia que sua filha de apenas dois anos de idade usou em uma comemoração do Dia das Bruxas (Halloween), celebrado na última terça (31).

Terri Kwan, de 41 anos, vestiu a garotinha com uma indumentária que fazia referência à grife americana Victoria's Secret, famosa por promover desfiles onde modelos [VIDEO] – que são chamadas de "angels", ou anjos em português – exibem roupas íntimas. No caso da filha de Kwan, a criança trajava uma veste branca e trazia asas emplumadas em suas costas.

A atriz divulgou as imagens da menina na última segunda-feira (30) em sua página do Instagram – a qual conta atualmente com 346 mil seguidores – e na plataforma Weibo, que é uma espécie de microblog semelhante ao Twitter, muito popular na China.

O material se espalhou rapidamente pela internet, e os seguidores de Kwan se dividiram em dois grupos: o primeiro acusou a mulher de estar vestindo a filha de forma imprópria, mas o segundo afirmou que o traje da garotinha era apenas uma fantasia de Halloween, e justamente por isso o público deveria ser mais tolerante com a situação.

Diversidade de opiniões

Segundo o Mail Online, a maior parte das críticas sobre a fantasia que Terri Kwan escolheu para a filha usar na festa do Dia das Bruxas, que foi promovida pelo berçário da criança, se originou de usuários do Instagram – alguns, inclusive, pediram para que mulher retirasse as fotos da mídia social.

Por outro lado, utilizadores do Weibo argumentaram que garotinha usou a roupa em um momento de diversão, e embora algumas pessoas tenham alertado para o fato de que a menina poderia acabar virando alvo de indivíduos com más intenções, a maioria concordou que o incidente não deveria ser levado tão a sério.

Além da vestimenta de "angel", Kwan disponibilizou on-line imagens da filha usando outras fantasias que ela havia preparado para o Halloween, tais como sereia, enfermeira e dançarina havaiana, entre outras.

Em entrevista ao site taiwanês Apple Daily, a mulher revelou que é uma grande fã do Dia das Bruxas, e que veste a garotinha com trajes temáticos desde que ela nasceu. Kwan disse ainda que algumas das indumentárias foram compradas pela internet, e outras confeccionadas por seus estilistas.

Ainda de acordo com o Mail Online, esta não é a primeira vez que o assunto envolvendo "pouca roupa em crianças" causa controvérsia na Ásia. Segundo o site britânico, em agosto desde ano um shopping center da cidade chinesa de Chengdu promoveu a encenação de um "falso show de lingerie" também inspirado na grife Victoria's Secret, o qual foi protagonizado por modelos infantis. Naquela época, usuários da internet acusaram o organizador do evento de estar sensualizando meninas menores de idade, o que gerou uma repercussão negativa considerável.