Os carros esportivos da marca italiana Lamborghini estão entre os mais caros e desejados do mundo. No entanto, há quem não queira um carro desses nem de graça. Pode acreditar, mas o Papa Francisco, líder da Igreja [VIDEO]Católica, recebeu as chaves de uma Lamborghini modelo Huracan, nesta quarta-feira (15), e afirmou que não vai ficar com o veículo.

O pontífice, que ao contrário de muitos outros religiosos [VIDEO], honra o voto de pobreza que fez, quando entrou para a ordem dos Jesuítas, ganhou uma motocicleta Harley Davidson, há algum tempo, e também não quis ficar com ela.

Mas, o mais curioso nessa história toda é que o Papa Francisco, apesar de não ter ficado com a moto, organizou uma ação inusitada para dar um destino especial ao presente: um leilão para angariar fundos para projetos humanitários.

E é justamente o que ele pretende fazer com a Lamborghini, cujos lucros deverão ser revertidos a pelo menos quatro projetos assistenciais, segundo informações do Vaticano.

Lamborghini recebida de presente custa quase R$ 800 mil

A Lamborthini ofertada ao Pontífice é branca com detalhes amarelos. A personalização do veículo possui as mesmas cores do Vaticano. O carro esportivo de luxo custa aproximadamente 200 mil euros, o que corresponde a mais de R$ 780 mil.

Após receber o presente, o Papa Francisco benzeu o carro e assinou o capô da Lamborghini, na presença de diretores da marca que estiveram no Vaticano.

Leilão vai financiar projetos humanitários

O Vaticano informou que o carro será leiloado, de acordo com a vontade manifestada pelo Pontífice. A ideia é que o dinheiro arrecadado com a venda possa financiar quatro projetos humanitários da Igreja Católica, que espera vender a Lamborhini por um valor mais alto que o de mercado.

Parte do montante será empregado em um projeto da organização "Ajuda à Igreja que Sofre", que apoia pessoas que foram expulsas do Vale de Nínive por milícias ligadas ao grupo extremista Estado Islâmico. O projeto idealiza a reconstrução de residências, locais de culto e edifícios públicos para 12 mil pessoas, devendo beneficiar comunidades sírio-católicas, sírio-ortodoxas e caldeias.

A outra parte do dinheiro deve ser entregue à comunidade papa João XXIII. A instituição ajuda mulheres vítimas de redes organizadas de prostituição e organismos que prestam serviços médicos na África.

Repercussão na internet gera memes e comentários hilários

A repercussão da notícia na internet gerou memes e alguns comentários hilários. Afinal, ninguém estava acreditando que alguém fosse capaz de não querer ficar com um presente como uma Lamborghini.

Veja alguns comentários postados no Twitter: